Home Página Inicial > Notícias > ESTAÇÕES DA TRENSURB RECEBEM AÇÃO DE COMBATE AO ABUSO E EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES

ESTAÇÕES DA TRENSURB RECEBEM AÇÃO DE COMBATE AO ABUSO E EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES

18.05.2022

Nesta quarta-feira (18), comitê municipal realizou atividade de conscientização nas estações do metrô em Novo Hamburgo.

Nesta quarta-feira (18), as estações Santo Afonso, Fenac e Novo Hamburgo, da Trensurb, receberam uma ação alusiva ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, promovida pelo Comitê Municipal de Enfrentamento à Violência e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes (EVESCA) de Novo Hamburgo. O Comitê integra as secretarias municipais de Segurança, Desenvolvimento Social, Saúde e Educação, além do Conselho Tutelar e Conselho de Direitos da Criança e Adolescente.
 
No final da manhã e início da tarde, os participantes da ação responderam dúvidas dos usuários do metrô e buscaram chamar atenção para a importância de realizar a denúncia. Material gráfico informativo foi distribuído pelos próprios membros do comitê, funcionários públicos e do Conselho Tutelar. O material informava o objetivo do Comitê Evesca, de propor, fortalecer e acompanhar políticas públicas e outras estratégias que promovam e assegurem os direitos humanos de crianças e adolescentes vulneráveis à violência sexual. Também destacava os principais números de telefone para denúncia de situações de abuso e exploração, como o do Conselho Tutelar (51 3524-4284), Polícia Civil (51 3582-3553), Brigada Militar (190) e Disque Direitos Humanos (100).
 
Assistente social da Secretaria de Segurança, Rúbia Geane Goetz explica: “O evento de hoje teve o objetivo de informar a comunidade sobre a data de 18 de maio. Nesta data, celebramos o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, assim sendo, nosso objetivo foi entregar à população informações com os canais de denúncia das situações e promover a proteção social desse público”. Sobre a recepção do público, ela afirma: “As pessoas receberam bem o material. Como estavam em deslocamento não houve muito tempo para diálogos, mas as informações foram passadas nos informativos entregues. A divulgação dos canais de denúncia sobre essas situações é fundamental para que a população se sinta segura em realizar as denúncias”.
 
A conselheira Madalena Soares, do Conselho Tutelar, afirma que “essa ação é conjunta. Talvez essa tenha sido a primeira ação conjunta entre os serviços que atuam na frente da garantia de direitos, SMED, SDS, Segurança e Conselhos Tutelares. É ótimo ter parceiros de causa, pessoas envolvidas. Não estamos só, a ânsia e o sofrimento tenho compartilhado e surgiram novas ideias e logo a prática”. Ela ainda afirma estar “realizada de saber que um sonho compartilhado pode tornar-se realidade. Buscamos a implementação da Lei 13.431/17, escuta protegida, e o fluxo para não revitimizar a vítima”. Madalena destaca a reação de uma usuária do metrô que a impactou: ela disse que gostaria que houvesse esse tipo de incentivo à denúncia quando era criança, pois foi violentada e acabou não podendo falar.
 
Foto: Divulgação

Compartilhe     

OUTRAS NOTÍCIAS
paginas_noticias_detalhes.php?codigo_sitemap=6024&sitemapPage=323456de 542paginas_noticias_detalhes.php?codigo_sitemap=6024&sitemapPage=5

Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A. | Av. Ernesto Neugebauer 1985, - Humaitá - Porto Alegre - RS - Brasil - CEP 90250-140 | Fone: +55 51 3363 8000