Home Página Inicial > Notícias > TRENSURB TRANSPORTA 1,26 MILHÃO DE PASSAGEIROS DURANTE A EXPOINTER 2019

TRENSURB TRANSPORTA 1,26 MILHÃO DE PASSAGEIROS DURANTE A EXPOINTER 2019

02.09.2019

Número representa um incremento de 12,26% no movimento no metrô ao longo da feira. Estação Esteio teve um aumento de 148,12% no número de desembarques no período do evento.

Historicamente, o período de realização da Expointer é de intenso fluxo no metrô operado pela Trensurb, uma das principais opções de deslocamento até o Parque de Exposições Assis Brasil, que sedia a feira. Durante os nove dias da 42ª edição, de 24 de agosto a 1º de setembro, 1.266.238 passageiros utilizaram o sistema metroviário. Isso corresponde a um acréscimo de 138.261 (ou 12,26%) em relação à média de usuários em período similar deste ano (equivalente a 1.127.978, soma das médias diárias de um período de nove dias, incluindo dois finais de semana, nos meses de março a junho*).
 
Na última quinta-feira (29), a Trensurb transportou 180.383 passageiros, quarto maior número de passageiros transportados em um único dia neste ano. O recorde do ano foi em 17 de abril, data de clássico Gre-Nal disputado na Arena do Grêmio, próxima à Estação Anchieta, quando 184.355 usuários embarcaram no metrô. O recorde histórico de passageiros transportados pela Trensurb em um único dia foi alcançado em 5 de setembro de 2014, também durante a Expointer: 228.250 pessoas.
 
No último domingo (1º), data de encerramento da feira, foi registrado o maior incremento percentual desta Expointer em relação à média de usuários normalmente transportados em cada dia da semana. Na ocasião, foram transportados 91.657 passageiros, um acréscimo de 85,24% em relação à média de usuários nos domingos de março a junho de 2019* (49.480).
 
Durante a feira, 163.386 passageiros desembarcaram na Estação Esteio, localizada ao lado do Parque Assis Brasil. O número representa um incremento de 148,12% em relação à média de desembarques no local em período similar deste ano (65.850, soma das médias diárias de um período de nove dias, incluindo dois finais de semana, nos meses de março a junho*).
 
Para adequar a oferta de serviços ao aumento da demanda ao longo da Expointer, especialmente nos fins de semana, a Trensurb montou um esquema especial que incluiu reforço no efetivo e aumento no número de viagens nos sábados e domingos.
 
Para visitantes, trem é a melhor escolha
 
Após alguns anos sem ir à Expointer, a promotora de eventos Ana Patrícia Leandro, 38 anos, moradora de Triunfo, resolveu levar as três filhas para conhecer o evento. “Eu acho muito legal porque é como se fosse uma cidade dentro da outra”, diz ela sobre a feira, citando também a grande quantidade de atrações e de pessoas que encontra na Expointer. Sua filha caçula, Janaína, de quatro anos, tem necessidades especiais. “Para ela, que não consegue brincar, passear sempre é muito bom”, comenta Ana. Sobre o transporte oferecido pela Trensurb, afirma: “O serviço é excelente, ainda mais que eu tenho uma filha na cadeira de rodas, eles [os agentes da segurança] ajudam, sobem e descem ela”.
 
Flávio Albim, 53 anos, é jornalista na revista Rural e faz a cobertura do evento desde 1990. “Para a área da pecuária é uma feira muito representativa, sobretudo para a região sul e sudeste”, explica. Flávio e os colegas Bruno Zanholo e Vitor Albim, estão hospedados próximo à Estação Farrapos. Dentre carros alugados, ônibus e outros meios de transporte utilizados nesses anos de cobertura de Expointer, a Trensurb tem oferecido o modo mais eficiente de se chegar ao Parque Assis Brasil: “É muito rápido, conseguimos planejar um tempo de chegada no parque”.
 
Diórgenes Carboni, 28 anos, é engenheiro agrônomo e acompanha a feira há aproximadamente oito anos. “Tem melhorado, tanto na questão da agricultura familiar quanto em palestras acessíveis ao público”, diz ele sobre a Expointer. Diórgenes prefere deslocar-se por meio do sistema metroviário, devido a sua rapidez e praticidade, além do fato de evitar complicações no trânsito.
 
Décio Ely, 65 anos, ficou mais de uma década sem visitar o evento. Junto à esposa Agnésia, resolveu retornar à feira para apresentá-la ao neto de 4 anos, Gabriel, que adora animais. O casal reside em São Leopoldo e vê o trem como um transporte de fácil acesso para passeios como esse: “Se vem mais tranquilo do que de carro, gostamos de vir de trem por ser mais cômodo”.
 
*Para a comparação, são utilizados números de março a junho por conta da diminuição do fluxo no metrô em janeiro, fevereiro e julho, meses de férias escolares.
 
Foto: Angelo Pieretti/Trensurb

Compartilhe     

OUTRAS NOTÍCIAS
12345de 492paginas_noticias_detalhes.php?codigo_sitemap=5402&sitemapPage=2

Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A. | Av. Ernesto Neugebauer 1985, - Humaitá - Porto Alegre - RS - Brasil - CEP 90250-140 | Fone: +55 51 3363 8000