Velocidade e economia

Em janeiro de 2016, a Trensurb dava início ao funcionamento do seu Sistema Eletrônico de Informações (SEI), software criado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, com o objetivo de, não somente informatizar e agilizar o trâmite de documentos, mas também conferir maior transparência aos processos internos.

As funcionalidades incluem a criação, envio, recebimento, assinatura e consulta de processos, inclusão de documentos diversos, tudo de forma digital. Em 2015, antes da implantação do sistema, foram abertos 3.074 processos físicos. Já em 2016 foram abertos 3.196 processos de forma digital, através do SEI.

O administrador Enrico Farias, coordenador do grupo responsável pelo SEI na Trensurb, afirma que o sistema evita o extravio de processos administrativos e traz uma mudança significativa na velocidade das tramitações e das resoluções das atividades administrativas. Outro benefício importante é a redução da quantidade de impressões. Em 2016, foram 298.106 unidades de impressões a menos que no ano anterior, uma diminuição de cerca de 25%. Isso representou uma economia de R$ 23,5 mil no custo anual de impressões.

O gerente de Suprimento e Apoio da Trensurb, Pedro Zottis Neto, afirma: “Temos um grande fluxo de processos e, em relação aos processos físicos, o SEI trouxe uma velocidade muito maior na circulação. Esse sistema tem feito uma economia muito grande nesse sentido e temos visto que tem reduzido bastante o tempo na circulação dos processos”.

Em razão desses benefícios alcançados e também pelo fato da Trensurb ter sido pioneira na implantação do software, outros órgãos públicos têm visitado a empresa com o objetivo de conhecer o sistema e realizar uma possível implementação. Enrico Farias lembra do caso do Crea-RS, que, em maio de 2016, visitou a empresa para conhecer as funcionalidades e o processo de implantação do SEI. Neste ano, a entidade acabou aderindo ao sistema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *