Olhar no futuro e busca por novas memórias

Bem mais que simplesmente secretariar o diretor de Operações da Trensurb, Tânya Wichiniesky Tatsch, de 57 anos, é uma empregada com bagagem profissional ímpar. Ela já trabalhou em grandes empresas de diversos segmentos, como Altus, Faculdades São Judas Tadeu, AGA (indústria norueguesa de gases), Hospital Moinhos de Vento e Revista Amanhã.

Tânya, formada em educação física e secretariado executivo trilíngue (português, inglês e alemão), exerce sua profissão na área administrativa há mais de 20 anos. Já no ramo do transporte público ela trabalha há dois anos e sabe que um dia que começa calmo pode se alterar a partir de uma simples ligação. Segundo ela, “na secretaria da Diretoria de Operações não existe monotonia e nem mesmo repetição de trabalho, pois o setor está sempre de prontidão para atender qualquer demanda operacional”.

Leia mais →

Entrevista: Jander Rama e o Aero-Trem Submarino na Galeria Mario Quintana

Em exposição na Galeria Mario Quintana, no túnel de acesso às plataformas da Estação Mercado da Trensurb, em Porto Alegre, encontra-se o trabalho do artista Vander Rama, Aero-Trem Submarino – Estudo para ligação entre Porto Alegre, Guaíba e Eldorado do Sul. Apresentando um meio de transporte fictício e futurístico, Jander terá sua obra exposta até 3 de janeiro de 2016. Leia a seguir nossa entrevista com o artista visual.

Como tu iniciaste a tua carreira como artista?

Comecei como técnico em informática industrial e, posteriormente, iniciei o curso de engenharia mecânica na UFRGS, mas, antes de terminar vi que preferia mais a parte gráfica, gostava mais de apreciar o visual das máquinas e não só os mecanismos. Logo, mudei o curso para artes visuais, na mesma universidade, onde me formei, fiz o mestrado e agora estou cursando o doutorado em poéticas visuais.

Leia mais →

Foto: Arquivo Trensurb

Aeromovel é inaugurado em Porto Alegre

“Ele é silencioso, rápido e não polui o meio-ambiente”. Esta foi a declaração dada por uma das primeiras passageiras do Aeromovel, inaugurado no último sábado, dia 10, em Porto Alegre. Por acaso, a passageira que deu esta declaração foi a presidente da República, Dilma Rousseff, que esteve presente na cerimônia e ressaltou as qualidades do veículo em seu discurso.

“O Aeromovel é uma tecnologia 100% nacional e que carrega todas as características da sustentabilidade, tornando-se uma alternativa econômica e de qualidade para aprimorar os serviços de mobilidade urbana pelo país”, afirmou a presidente.

Foto: Arquivo Trensurb

Foto: Arquivo Trensurb

A tecnologia desenvolvida por Oskar Coester, nos anos 70, utiliza a propulsão do ar para mover os carros, que não são motorizados, até o seu destino.  Hoje ela interliga a Estação Aeroporto da Trensurb ao terceiro andar do Terminal 1 do Aeroporto Internacional Salgado Filho. O veículo, com capacidade de 150 passageiros, percorre o trajeto de pouco menos de um quilômetro em uma viagem suave que leva dois minutos.

Durante seu discurso, a presidente Dilma afirmou que parte dos investimentos do PAC Mobilidade Urbana serão aplicados na construção de outras linhas de Aeromovel, citando o projeto de expansão em Canoas como uma de suas prioridades.

Foto: Arquivo Trensurb

Foto: Arquivo Trensurb

Nos próximos 90 dias, o Aeromovel opera em sistema assistido durante os dias úteis, das 10h às 16h. Até o fim deste período, um segundo veículo com capacidade para 300 passageiros será integrado ao serviço. Para dar uma volta nele é só pegar o trem, descer na Estação Aeroporto e embarcar no veículo sem custo algum.

Quem vem do Aeroporto precisa adquirir a passagem da linha do metrô (R$ 1,70) para pegar o Aeromovel rumo à estação.