Conectando-se com os colegas e consigo mesma

Aline Virginia Homem Nunes, de 32 anos, é natural de São Leopoldo e mora em Canoas. Formada em administração pela Ulbra e pós-graduada em gestão pública pela UFSC, ela ingressou na Trensurb em 2012, como técnica em administração. Inicialmente, trabalhava na área de manutenção e, há cerca de um ano, foi transferida para o Gabinete da Presidência, o que representou um novo desafio em sua carreira. Na manutenção, Aline era responsável por dados estatísticos, gestão de pontos, pessoas e patrimônio. Em sua função atual, dá suporte ao chefe de gabinete e assessores no recebimento, tramitação e arquivamento de documentos oficiais, entre outras atividades administrativas.

A técnica conta que um dos principais motivos da decisão por fazer concurso para trabalhar na Trensurb, além de almejar crescimento e melhor remuneração, foi o serviço que a empresa presta à população, atendendo a quem precisa se deslocar pela região. Isso, segundo Aline, faz com que seu trabalho se torne mais gratificante, pois ele tem um propósito e envolve um bem maior.

Leia mais →

Em contato com a natureza

Cristiane Curi da Silva, de 28 anos, nasceu em Porto Alegre e mora em Canoas. Atua como técnica em administração no Setor de Responsabilidade Socioambiental (Seram) da Trensurb. Com o desejo de adquirir mais conhecimento e experiência na sua área, ela prestou concurso público em 2012 e aguardou ser convocada.

Anteriormente, trabalhou por quatro anos em uma secretaria do estado, mas tinha o desejo de adquirir experiência em uma nova empresa. Em dezembro de 2014, chegou à Trensurb para realizar atividades administrativas do Seram, setor em que continua atuando. Entre as atividades que já desenvolveu, Cristiane destaca como as mais prazerosas aquelas que envolvem o contato com o público externo, como projetos ambientais ou visitas técnicas à empresa realizadas por escolas. “Gosto dessa relação com os usuários e de prestar serviço, porque me faz sentir mais responsável”, declara.

Leia mais →