Gerenciando licitações, materiais e serviços de apoio

Para que os trens operem todos os dias, a Trensurb conta com um quadro funcional com cerca de mil empregados que atuam em diversas áreas e garantem o bom funcionamento do metrô, o planejamento e a gestão da empresa. As 48 unidades organizacionais da Trensurb estão divididas entre três diretorias, duas superintendências, 14 gerências, 28 setores e um órgão de auditoria interna. Conheça o trabalho da Gerência de Suprimento e Apoio (Gesup).

Quem faz? A Gesup conta com dois empregados: o gerente, formado em administração e pós-graduado em engenharia de produção, e uma secretária. A gerência está ligada à Diretoria de Administração e Finanças e conta com três setores subordinados: o de Materiais (Semat), o de Compras (Secom) e o de Apoio (Seapo).

O que faz? A missão da gerência é atender a Trensurb em suas necessidades de contratações de materiais e serviços e realizar gestão dos serviços de apoio administrativo, do protocolo e arquivo. As demandas de contratação de materiais e serviços chegam por meio de previsões de consumo quando se tratam de materiais de estoque e de projetos básicos quando se tratam de serviços e materiais não estocáveis. Para cada necessidade, de acordo com seu tipo e valor, adota-se a apropriada modalidade de licitação para contratação.

Leia mais →

Pensando sempre à frente

Para que os trens operem todos os dias, a Trensurb conta com um quadro funcional com cerca de mil empregados que atuam em diversas áreas e garantem o bom funcionamento do metrô, o planejamento e a gestão da empresa. As 48 unidades organizacionais da Trensurb estão divididas entre três diretorias, duas superintendências, 14 gerências, 28 setores e um órgão de auditoria interna. Conheça o trabalho do Setor de Apoio (Seapo).

Quem faz? A equipe é composta por dois administradores (incluindo a chefe), uma arquivista, quatro técnicos, um assessor, três estagiárias de nível superior (duas de administração e uma de arquivologia) e uma estagiária de nível médio.

O que faz? O trabalho do Seapo consiste em dar suporte às áreas administrativas e operacionais em relação a diversos serviços. Apesar de ser apenas um setor, existem três “áreas” distintas. Uma delas consiste na gestão e fiscalização dos serviços: telefonia, correspondências, limpeza dos prédios administrativos e de manutenção, jardinagem, veículos, borracharia, abastecimento, viagens, segurança patrimonial, gestão da área de lazer e auditório. A segunda é o arquivo, que tem por competência fazer a guarda dos processos e documentos, conforme tabela de temporalidade e realizar a análise e encaminhamento para eliminação conforme normas e legislação pertinente.  A última, porém tão importante quanto as demais, é o protocolo que tem a responsabilidade de receber todos os documentos externos destinados à Trensurb e encaminhá-los às áreas competentes.

Leia mais →