Porto Alegre: 244 anos de história, 31 anos com o metrô

No dia 26 de março, é comemorado o aniversário da capital gaúcha, Porto Alegre. Há 244 anos, em 1772, era fundada como Freguesia de São Francisco do Porto dos Casais. Em 1821, ganhou o status de cidade graças ao imperador Dom Pedro II. Atualmente, Porto Alegre integra o pólo turístico do Estado e, sob diversos aspectos, é considerada modelo para o país. A Trensurb opera na capital há 31 anos, ligando-a hoje a outros cinco municípios. Atualmente, a população da capital gaúcha é de 1,47 milhão de habitantes, em uma área que se estende por de 496,7 quilômetros quadrados. Com sete estações do metrô gaúcho (incluindo o aeromóvel) localizadas na cidade, a estação terminal Mercado foi a que mais teve acessos de usuários em 2015 dentre todas que integram o sistema metroviário, com 8,95 milhões de passageiros.

Banhada pelo Lago Guaíba, circundada por dezenas de morros, terra de Inter e Grêmio, de domingos ensolarados nos parques e tema de canções e poemas, “Porto Alegre é demais”. Atrai cada vez mais pessoas em busca de oportunidades, de um lugar para viver, ou mesmo turistas e moradores de outras cidades e países em busca de lazer e/ou momentos e lugares únicos que só a capital gaúcha oferece.

Leia mais →

Uma família por trás do milk-shake

Foto: Arquivo Trensurb

Foto: Arquivo Trensurb

Não há quem resista a um milk-shake geladinho feito na hora. Não importa se é inverno ou verão, primavera ou outono: muita gente abre um sorriso no rosto só de pensar em tomar um.

 

Sorriso no rosto é o que as pessoas encontram quando vão ao quiosque do Bobs, na Estação Mercado, e são atendidos pela Jaqueline Gomes de Azevedo, de 21 anos. Há pouco mais de um ano ela trocou o ambiente da praça de alimentação do shopping pela movimentação da estação de trem.  “Se você perguntar pro cliente que passa por aqui se tem cinco centavos pra facilitar o troco, ele procura nos bolsos, abre a carteira para ajudar. No shopping eles te dão nota de R$ 50 ou de R$ 100 e mal te respondem. O pessoal aqui é muito mais simpático, alegre”, conta.

Até agosto do ano passado, Jaqueline pegava o trem quase todo dia para trabalhar em Canoas, Na época, uma troca de horários de trabalho fez com que ela segurasse os estudos para privilegiar o trabalho. Com a mudança para a Estação, ela pretende agora concluir o Ensino Médio e já planeja até uma faculdade: “Quero me formar em Direito. Sei que pra ser juíza precisa estudar bastante. Mas ainda estou indecisa. Tem muitos cursos que a gente nem faz ideia que existam e que podem ser uma opção também. Não fiz o teste vocacional ainda, mas pretendo fazer”.

Foto: Arquivo Trensurb

Foto: Arquivo Trensurb

Jaqueline fala que trabalhar no trem rende boas amizades. “Conheço o tio (da tabacaria), o pessoal da Gol, os funcionários do trem, a gente conversa bastante e sempre dá uma ajuda quando precisa. Aqui com o pessoal do Bobs a gente é quase uma família. Nós convivemos uns com os outros oito horas por dia. Tem gente que vem do colégio para cá, ou que sai daqui direto pra aula, então acaba passando mais tempo com a gente do que com os próprios parentes”, conta a atendente, antes de encerrar a entrevista e pedir uma foto com os seus colegas de trabalho, tão animados quanto ela.

Agora você já sabe: Se passar pela Estação Mercado, vai lá dar um oi para a Jaqueline!

 

cartoes-postais

Os cartões postais da Estação Mercado

cartoes-postais

Antigamente os cartões-postais eram a forma de mandar notícias para as pessoas quando você estava de férias em algum lugar do mundo. Com a evolução da tecnologia e da internet, o cartão postal deixou sua utilidade para trás, virando uma lembrança dos velhos hábitos, guardado como um registro de um lugar por onde você passou.

Quem passa pela Estação Mercado encontra uma exposição com vários cartões-postais na Galeria Mario Quintana. Foram dispostos 18 pares de cartões, customizados com registros de outras exposições realizadas na Trensurb, trazendo detalhes sobre elas.

No fim, estes cartões cumprem seu propósito, fazendo com que a gente se conecte com a arte.