Bike + trem

No último domingo, dia 26, as composições da Trensurb receberam um grupo de passageiros diferente: cerca de 40 pessoas embarcaram com suas bicicletas, divididas em dois trens que partiram da Estação Mercado pela manhã, e foram até a Estação Novo Hamburgo. No fim da tarde, os ciclistas usaram novamente o metrô para fazer o caminho inverso. Entre uma viagem de trem e outra, pedalaram por cerca de 40 quilômetros – considerando o trajeto de ida e volta – entre a estação terminal do metrô em Novo Hamburgo e o Núcleo de Casas Enxaimel, em Ivoti, onde visitaram a Feira do Mel, Rosca e Nata.

Leia mais →

Mobilidade e evolução

Para que os trens operem todos os dias, a Trensurb conta com um quadro funcional com cerca de mil empregados que atuam em diversas áreas e garantem o bom funcionamento do metrô, o planejamento e a gestão da empresa. As 48 unidades organizacionais da Trensurb estão divididas entre três diretorias, duas superintendências, 14 gerências, 28 setores e um órgão de auditoria interna. Conheça o trabalho do Setor de Planejamento e Projetos de Mobilidade Urbana (Semob).

Quem faz? O setor conta com quatro empregados – um arquiteto, um engenheiro civil, um técnico em estradas e uma assistente de serviços – e três estagiários – que cursam arquitetura ou engenharia civil.

O que faz? É responsável pelos planos e projetos de mobilidade urbana da Trensurb. O setor realiza estudos com objetivo de expandir o atual sistema para futuras áreas da região metropolitana, executando e acompanhando o desenvolvimento de planos, programas e projetos relativos à expansão física do sistema, viabilizando a integração física, operacional e tarifária com os diferentes modos possíveis de transporte e assessorando a Superintendência de Desenvolvimento e Expansão na definição de políticas e planos na área de transporte.

Leia mais →