Assessorando o diretor-presidente

Para que os trens operem todos os dias, a Trensurb conta com um quadro funcional com cerca de mil empregados que atuam em diversas áreas e garantem o bom funcionamento do metrô, o planejamento e a gestão da empresa. As 49 unidades organizacionais da Trensurb estão divididas entre três diretorias, duas superintendências, 14 gerências, 28 setores, um órgão de auditoria interna e uma ouvidoria. Conheça o trabalho do Gabinete da Presidência (Gapre).

Quem faz? Com status de gerência, o Gabinete da Presidência conta com três empregados: o chefe de Gabinete, um administrador e uma técnica em administração. Atuando juntamente com o Gapre, há a Secretaria da Presidência, composta por uma secretária executiva e duas estagiárias, graduandas em Secretariado Executivo Trilíngue.

O que faz? O papel do Gabinete da Presidência é assessorar o diretor-presidente frente às demandas internas de trabalho advindas de todos os setores da empresa, bem como as demandas externas, principalmente do Ministério das Cidades, Ministério do Planejamento, Presidência da República, órgãos de controle e outros. O Gapre dá suporte técnico ao diretor-presidente quanto a assuntos das diferentes áreas da empresa, elabora documentos oficiais, atas e resoluções, além de assessorar as reuniões de Diretoria Executiva, Conselho de Administração e Assembleia dos Acionistas da Trensurb. Também faz a gestão dos processos físicos e eletrônicos (por meio do Sistema Eletrônico de Informações) e demais expedientes internos e externos.

A Secretaria da Presidência recebe as demandas internas e externas dos pedidos de agenda, eventos e providencia as viagens do diretor-presidente, Conselho de Administração e acionistas.

Leia mais →

Equipe que planeja

Para que os trens operem todos os dias, a Trensurb conta com um quadro funcional com cerca de mil empregados que atuam em diversas áreas e garantem o bom funcionamento do metrô, o planejamento e a gestão da empresa. As 48 unidades organizacionais da Trensurb estão divididas entre três diretorias, duas superintendências, 14 gerências, 28 setores e um órgão de auditoria interna. Conheça o trabalho da Gerência de Planejamento Corporativo (Gepla).

Quem faz? A equipe da Gepla é formada pela gerente, a administradora Josiane Hensel do Canto, mais um administrador e dois assistentes de serviços.

O que faz? A missão da gerência é ser agente de mudanças, desenvolvendo soluções inovadoras para a gestão. Sua visão é fundamentada na seguinte declaração: “referência de unidade organizacional com papel preponderante na gestão da Trensurb”.

Leia mais →

Gerenciando licitações, materiais e serviços de apoio

Para que os trens operem todos os dias, a Trensurb conta com um quadro funcional com cerca de mil empregados que atuam em diversas áreas e garantem o bom funcionamento do metrô, o planejamento e a gestão da empresa. As 48 unidades organizacionais da Trensurb estão divididas entre três diretorias, duas superintendências, 14 gerências, 28 setores e um órgão de auditoria interna. Conheça o trabalho da Gerência de Suprimento e Apoio (Gesup).

Quem faz? A Gesup conta com dois empregados: o gerente, formado em administração e pós-graduado em engenharia de produção, e uma secretária. A gerência está ligada à Diretoria de Administração e Finanças e conta com três setores subordinados: o de Materiais (Semat), o de Compras (Secom) e o de Apoio (Seapo).

O que faz? A missão da gerência é atender a Trensurb em suas necessidades de contratações de materiais e serviços e realizar gestão dos serviços de apoio administrativo, do protocolo e arquivo. As demandas de contratação de materiais e serviços chegam por meio de previsões de consumo quando se tratam de materiais de estoque e de projetos básicos quando se tratam de serviços e materiais não estocáveis. Para cada necessidade, de acordo com seu tipo e valor, adota-se a apropriada modalidade de licitação para contratação.

Leia mais →

Pensando sempre à frente

Para que os trens operem todos os dias, a Trensurb conta com um quadro funcional com cerca de mil empregados que atuam em diversas áreas e garantem o bom funcionamento do metrô, o planejamento e a gestão da empresa. As 48 unidades organizacionais da Trensurb estão divididas entre três diretorias, duas superintendências, 14 gerências, 28 setores e um órgão de auditoria interna. Conheça o trabalho do Setor de Apoio (Seapo).

Quem faz? A equipe é composta por dois administradores (incluindo a chefe), uma arquivista, quatro técnicos, um assessor, três estagiárias de nível superior (duas de administração e uma de arquivologia) e uma estagiária de nível médio.

O que faz? O trabalho do Seapo consiste em dar suporte às áreas administrativas e operacionais em relação a diversos serviços. Apesar de ser apenas um setor, existem três “áreas” distintas. Uma delas consiste na gestão e fiscalização dos serviços: telefonia, correspondências, limpeza dos prédios administrativos e de manutenção, jardinagem, veículos, borracharia, abastecimento, viagens, segurança patrimonial, gestão da área de lazer e auditório. A segunda é o arquivo, que tem por competência fazer a guarda dos processos e documentos, conforme tabela de temporalidade e realizar a análise e encaminhamento para eliminação conforme normas e legislação pertinente.  A última, porém tão importante quanto as demais, é o protocolo que tem a responsabilidade de receber todos os documentos externos destinados à Trensurb e encaminhá-los às áreas competentes.

Leia mais →

Trabalho em conjunto

Para que os trens operem todos os dias, a Trensurb conta com um quadro funcional com cerca de mil empregados que atuam em diversas áreas e garantem o bom funcionamento do metrô, o planejamento e a gestão da empresa. As 48 unidades organizacionais da Trensurb estão divididas entre três diretorias, duas superintendências, 14 gerências, 28 setores e um órgão de auditoria interna. Conheça o trabalho do Setor de Administração de Contratos (Seaco).

Quem faz? A equipe possui cinco membros: um advogado, uma técnica em administração, um assistente de gestão e duas estagiárias, sendo uma de direito e uma de nível médio.

O que faz? O trabalho do Seaco se dá em conjunto com os gestores da empresa, focando sua atuação na orientação legal a eles quanto a elaboração de projetos básicos para contratações de fornecimento de produtos e serviços, controle de contratos já firmados, obrigações contratuais e fiscalização. Atua também na revisão dos editais de licitações e contratos, na tramitação de renovações e prorrogações contratuais, bem como encarrega-se dos cálculos de reajustes ou repactuações. Além disso, a equipe do setor também auxilia na fiscalização de contratadas cujos empregados prestam serviços nas dependências da Trensurb.

Leia mais →

Foto: Arquivo Trensurb

Excelência em gestão pública

Foto: Arquivo Trensurb

Foto: Arquivo Trensurb

Dia 12 de dezembro será um dia especial para a Trensurb. Nesta data nós vamos receber duas certificações que atestam o crescimento da empresa em proporcionar o melhor para os usuários: GesPública e PGQP.

O Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização (GesPública) é o resultado da evolução histórica de uma série de iniciativas do Governo Federal para promover a gestão pública de excelência. Criado em 2005, o Programa tem como principais características ser essencialmente público, ser contemporâneo, estar voltado para a disposição de resultados para a sociedade e ser federativo – com aplicação a toda a administração pública, em todos os poderes e esferas do governo.

Já o Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade foi criado em 1992 com o objetivo de promover a competitividade do Rio Grande do Sul para melhoria da qualidade de vida das pessoas através da busca da excelência em gestão com foco na sustentabilidade.

Parabéns a todos que colaboraram para estas conquistas, e que venham muitas outras!