Mais eficiência na iluminação dos trens

A Trensurb está promovendo a substituição das antigas lâmpadas fluorescentes dos 25 trens da frota original – conhecida como série 100 – por lâmpadas de LED. O projeto tem como base um estudo elaborado em 2015 e está sendo executado desde o ano passado.

O estudo apontou a viabilidade da substituição das lâmpadas, com necessidade de investimento de R$ 5.280 por trem e um retorno em um ano e três meses. Isso se dá porque as lâmpadas de LED, apesar de terem custo unitário maior, oferecem maior durabilidade e um consumo energético menor – são mais eficientes, transformando boa parte da energia utilizada em iluminação, com perda pouco significativa na forma de calor. Enquanto as lâmpadas fluorescentes utilizadas nos trens têm potência de 40 watts, as de LED têm 18 watts, entregando a mesma iluminação. Dessa forma, com a substituição de todas as lâmpadas, a previsão é de que o consumo anual de energia com a iluminação dos trens caia de 18,6 mil quilowatts-hora para 8,4 mil – uma redução de 54,8%. Isso representaria uma economia anual de pelo menos R$ 4,1 mil por trem da série 100.

Leia mais →

Foto: Arquivo Trensurb

Energia elétrica em pauta

Foto: Arquivo Trensurb

Foto: Arquivo Trensurb

Se você costuma passar nas proximidades das estações da Trensurb à noite, já deve ter percebido que algumas lâmpadas permanecem sempre acesas, mesmo fora do horário de operações. Esta iluminação noturna, no entanto, é necessária por motivos de segurança, e trata-se de um nível mínimo de iluminação.

Vale destacar que os sistemas de iluminação são desativados nas plataformas, por exemplo, durante períodos do dia em que há iluminação natural.  Além disto, a Trensurb possui um programa permanente de eficiência energética, que busca reduzir custos e utilizar a energia elétrica de forma racional e eficiente. Esta iniciativa permite que 14 das 19 estações operem com um sistema automático de iluminação.