Engenheiro, profissional de TI e segurança

O agente metroviário Bruno Tombesi Beck tem 27 anos e é natural de Porto Alegre, cidade onde reside até hoje. Quando mais jovem, Bruno decidiu ingressar no setor da informática e fez cursos básicos para obter conhecimento na área até chegar ao curso técnico. Também iniciou um curso de graduação em Relações Internacionais, mas acabou não concluindo o mesmo. Hoje, Bruno é graduado em Engenharia Civil pela UniRitter. Seu trabalho de conclusão de curso teve como tema a via permanente da Trensurb. A decisão de cursar engenharia surgiu após o nascimento de sua filha, Sofia, hoje com seis anos. Antes disso, Bruno foi estagiário no Tribunal de Justiça do estado, atuando na área de tecnologia da informação. “Passei muito tempo lá como estagiário, eu até brincava que era um estagiário profissional”, conta. Estagiou também na Assessoria de Relações Internacionais do Governo do Estado.

Leia mais →

Estagiária premiada!

Estagiária da Ouvidoria da Trensurb, Luana de Oliveira tem 27 anos e cursa o sétimo semestre da graduação em Jornalismo da UniRitter. Recentemente, junto de sua colega Marjorie Paula, ela conquistou o prêmio Expocom – Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação na categoria charge/caricatura/ilustração. A Expocom é uma exposição e um prêmio destinado aos melhores trabalhos experimentais produzidos por estudantes no campo da comunicação, organizado pela Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação. A premiação foi entregue no último dia do 42º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, realizado pela Intercom na Universidade Federal do Pará, em Belém, entre 2 e 7 de setembro.

Leia mais →

Entrevista: 15 anos de Teatro Ideia Ação

Desde o início do mês, está em cartaz na Galeria Mario Quintana, na Estação Mercado da Trensurb, a exposição fotográfica Grupo TIA: 15 anos de Teatro Ideia Ação. A mostra traz registros da trajetória do grupo canoense, iniciada em agosto de 2004. Desde então, o TIA desenvolve um trabalho continuado que tem como proposta um teatro popular e de intervenção social, com a itinerância como característica marcante – todos os espetáculos são concebidos para ir ao encontro do público onde quer que ele esteja. A inauguração oficial da exposição, que permanece em cartaz até 29 de novembro, aconteceu na última quarta-feira (4), com a realização de uma performance do grupo na Galeria Mario Quintana, baseada no espetáculo Poesia em Movimento e no poema Perguntas de um trabalhador que lê, de Bertolt Brecht.

Conversamos com a atriz e produtora do TIA, Mariana Abreu, sobre a exposição, a parceria com a Trensurb e o grupo. Ela aproveitou para deixar uma mensagem a todos: “Vá ao teatro! Valorize os artistas! Valorize a cultura popular e os artistas locais!”.

Leia mais →

Mais uma vez, trem foi o meio mais eficiente para se chegar à Expointer

Ano após ano, o metrô segue sendo uma das principais opções de deslocamento para quem visita a Expointer. A Estação Esteio da Trensurb fica ao lado do Parque de Exposições Assis Brasil, que sedia a feira. Durante a edição deste ano, realizada de 24 de agosto a 1º de setembro, 1.266.238 passageiros utilizaram o sistema metroviário. Isso corresponde a um acréscimo de 138.261 (ou 12,26%) usuários em relação à média em período similar deste ano. Conversamos com alguns visitantes do evento, que nos falaram de suas experiências ao embarcar no trem para ir até o Parque Assis Brasil.

Leia mais →

Preservando a história da empresa

Sara Orcelli dos Santos é natural de Rio Grande, tem 32 anos e trabalha como arquivista no Setor de Apoio (Seapo) da Trensurb há quase quatro anos. Desde dezembro de 2015, reside em Porto Alegre, onde já havia morado no segundo semestre de 2012 e início de 2013. Foi nesse período que ela prestou o concurso público da Trensurb, no qual foi aprovada.

Graduada em Arquivologia pela Universidade Federal do Rio Grande em 2012, ela iniciou no mesmo ano seu mestrado em Patrimônio Cultural pela Universidade Federal de Santa Maria, concluído em 2014. Desde o começo da faculdade, buscou experiência no mercado de trabalho, realizando estágio na Alfândega de Rio Grande e na Refinaria Riograndense. No último semestre de graduação, veio morar em Porto Alegre, onde trabalhou no acervo histórico do Theatro São Pedro.  Em 2013, já formada, retornou à cidade natal para atuar na prefeitura municipal após ser aprovada em concurso. No final de 2015, voltou à capital para assumir a vaga na Trensurb.

Leia mais →

Entrevista: Galegos & Frangalhos, Laboratório-Escola e a arte-educação

Até o final de outubro, a unidade Mercado do Espaço Multicultural Livros sobre Trilhos (EMLsT), da Trensurb, recebe a exposição fotográfica Laboratório-Escola de Arte Popular: arte-educação (des)construindo corpos. O Laboratório-Escola é um espaço de desenvolvimento humano criado pelo Coletivo de Artes Galegos & Frangalhos. Busca oferecer experiências artístico-culturais transdisciplinares, tomando as artes como ponto de partida para caminhos alternativos na educação e na aprendizagem. O espaço conta com mais de 15 oficinas descentralizadas, gratuitas e/ou com preços populares e mais de 100 alunos. A Trensurb apoia a iniciativa por meio da divulgação das ações do Laboratório-Escola nos monitores do Canal Você e nos murais das estações. A exposição em cartaz traz fotografias do espaço e de sua história, suas oficinas e metodologias, além de expor alguns figurinos. As fotos da mostra são de Amanda Guimarães, João Pedro Lima, Marília Dias e Max Leidemer.

Na última semana, a plataforma da Estação Mercado recebeu uma intervenção artística do Coletivo Galegos & Frangalhos/Laboratório-Escola, que buscou chamar a atenção para a exposição e para o EMLsT. Novas intervenções similares devem ocorrer no local nos próximos meses.

Conversamos com o artista e arte-educador Bruno Flores, um dos fundadores do Coletivo, sobre a exposição, a parceria com a Trensurb, as atividades do grupo e do Laboratório-Escola. Leia a entrevista a seguir.

Leia mais →