Outubro Rosa e o Proger na Trensurb

Neste mês, a Trensurb lembra as mulheres sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama, participando do Outubro Rosa, campanha internacional de conscientização a respeito da doença. O câncer da mama é o tipo de câncer que mais atinge mulheres no mundo. Só no Brasil mais de 50 mil casos são registrados todos os anos e o diagnóstico precoce da doença é fundamental para melhorar as chances de cura.

Mais uma vez, o arco da Estação Mercado ilumina-se de rosa e a sede administrativa da empresa também recebe decoração alusiva. Ações para o público interno estão sendo programadas, com distribuição de material gráfico informativo – além de pequenos laços rosas que tradicionalmente simbolizam a campanha. Essas atividades são de responsabilidade da comissão do Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça (Proger) na Trensurb.

O Proger é uma iniciativa do governo federal à qual a empresa aderiu em 2013. Busca promover a igualdade de oportunidades e de tratamento entre homens e mulheres, e diferentes raças e etnias por meio do desenvolvimento de novas concepções na gestão de pessoas e nas culturas organizacionais. As empresas que adotam práticas de igualdade de gênero e raça de forma sistemática recebem o selo Pró-Equidade de Gênero e Raça. Foi o caso da Trensurb na quinta e mais recente edição do reconhecimento, em 2015. A comissão interna do Proger espera cumprir as exigências para que, na sexta edição, em 2017, possa conquistar novamente o selo para a empresa.

De acordo com a coordenadora do grupo na Trensurb, Vera Lúcia Cabrera, o projeto é importante por abrir espaços para discutir caminhos mais justos para todos. “Sabemos que é possível um crescimento igualitário para todos”, afirma. “Apesar de já termos avançado muito em direção a uma cultura interna mais igual, muita coisa ainda precisa ser feita”, conclui.

Dentre as ações da comissão do Proger na Trensurb, destacam-se a inclusão do “respeito à diversidade” entre os valores da instituição e ações de conscientização internas e externas em relação a direitos e saúde da mulher, além da violência de gênero. Entre os destaques está uma parceria com a ONG Themis: a Estação Themis é um espaço de acolhimento feminino montado em determinadas datas na Estação Mercado. Nas atividades, voluntárias da ONG e membros do Proger tiram dúvidas e distribuem material gráfico sobre temas como violência contra a mulher e direitos das mulheres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *