Novos seguranças recebem treinamento de jiu-jitsu

A Trensurb está em processo de convocação, contratação e treinamento de 59 agentes da segurança metroviária. Recentemente, a primeira turma de novos agentes, com 30 integrantes, foi até a Academia Alex Tchaka/Michel Maia BJJ, em São Leopoldo, para receber treinamento em artes marciais. A iniciativa da excursão foi de Gilberto Santos, controlador de segurança da Trensurb e instrutor no curso de defesa pessoal dos agentes. A aula teve foco no jiu-jitsu, que, segundo Santos, “não é uma luta tão agressiva e foca na imobilização”.

Antes de começarem a atuar no metrô, os seguranças estão realizando treinamento prático depois de terem passado por treinamento teórico. Durante o curso de defesa pessoal realizado na Trensurb, os instrutores apresentam diferentes tipos de artes marciais para os seguranças, com o muay thai e a capoeira. “Dá muita disciplina. Trabalha muito a mente, para o segurança não ter aquele receio quando for atender a alguma ocorrência”, declara Santos.  “Ele vai saber se defender, esse é o objetivo”, completa.

Os agentes da Trensurb escolheram a academia por conhecerem o trabalho de Alex Tchaka. O lutador já venceu campeonatos estaduais e nacionais de jiu-jitsu e viaja pelo mundo para competir em torneios. Começou a praticar a arte marcial há 35 anos, quando tinha apenas oito. Há 20 anos, dá aulas e hoje é professor de Gilberto Santos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *