Facilitando o acesso à literatura

Jânio Ayres, gerente de Comunicação Integrada da Trensurb

No Dia Nacional da Biblioteca* é importante registrar a relevância de iniciativas como os dois espaços culturais que a empresa disponibiliza aos usuários do metrô: a unidade da Livros sobre Trilhos na Estação Mercado e a recém inaugurada unidade na Estação Novo Hamburgo; esses dois locais têm um importante papel de facilitar o acesso ao livro, à literatura e o contato com mediações de leitura e afins.

São muitas as dificuldades de se trabalhar pela democratização da leitura em um “país sem leitores”, no qual, segundo dados da Câmara Brasileira do Livro, apenas um terço da população alfabetizada possui o hábito de ler e aprecia a leitura. Nessa perspectiva,  entretanto, o número de associados ao qual a biblioteca da Trensurb chegou, nesses dez anos de atividades, mesmo em meio ao desafiador cenário brasileiro: hoje, são 6,2 mil sócios. Na unidade de Novo Hamburgo, em duas semanas foram mais de 60 novos sócios.

Incentivar o hábito da leitura é responsabilidade dos pais, isso é o óbvio, mas continuaremos a fazer a nossa parte, pois sabemos o poder de transformação que um um livro fará no leitor e, possivelmente, “nenhuma hermenêutica, nenhuma psicologia pode predizer nem calcular sua força”, como bem escreveu George Steiner (Aqueles que queimam livros).

São os livros que contextualizam o pensamento humano através de histórias e relatos, que nos tornam mais humanos e tolerantes, eles são as chaves de acesso para nos tornarmos melhores. Creio que numa sociedade do ‘ciberespaço e da realidade virtual’ esse poder de um livro, escondido numa estante numa estação de metrô, pode ser completamente casual para alguém, porém pode ser transformador:  encontrar um poema de Quintana ou um capítulo de Nietzsche, que até então eram privilégio de poucos, na academia ou numa biblioteca convencional, pode estar ao alcance de qualquer pessoa; não é um privilégio poder prestar esse serviço?

*A data de 9 de abril ficou conhecida como Dia Nacional da Biblioteca em função da assinatura, em 1980, do decreto nº 84.631 da Presidência da República. O decreto instituiu a Semana Nacional do Livro e da Biblioteca, de 23 a 29 de outubro, e o Dia do Bibliotecário, em 12 de março.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *