Construindo soluções

Para que os trens operem todos os dias, a Trensurb conta com um quadro funcional com cerca de mil empregados que atuam em diversas áreas e garantem o bom funcionamento do metrô, o planejamento e a gestão da empresa. As 48 unidades organizacionais da Trensurb estão divididas entre três diretorias, duas superintendências, 14 gerências, 28 setores e um órgão de auditoria interna. Conheça o trabalho do Setor de Projetos e Obras Civis (Sepro).

Quem faz? O setor conta com profissionais com diversas formações. São engenheiros civis e eletricistas, arquitetos e técnicos industriais.

O que faz? Elabora, aprova e acompanha a execução de projetos de obras civis, sendo responsável por atender as demandas de vários setores da empresa. Segundo o chefe da unidade, o engenheiro Carlos Alberto Pacheco, “a função do Sepro é elaborar soluções de engenharia civil para as demandas apresentadas”.

Entre os principais trabalhos dos últimos anos estiveram as obras de modernização e acessibilidade nas estações Rodoviária, Farrapos e Esteio, o projeto de reforma de instalações do pátio de manutenção e melhorias em aparelhos de mudança de via. De acordo com o engenheiro Pacheco, “antes de qualquer obra iniciar, o Sepro faz uma série de estudos e projetos técnicos de viabilidade”.

Como faz? Para as demandas vindas diretamente dos demais setores da Trensurb, é o chefe quem recebe as solicitações e repassa aos colegas para que sejam atendidas; elas são distribuídas conforme áreas de atuação dos empregados do setor.  De acordo com a natureza das demandas, diversas ações podem ser tomadas, como: a avaliação e aprovação de projetos recebidos de outras empresas, a elaboração de projetos executivos, projetos básicos, orçamentos ou, ainda, o acompanhamento da execução de serviços de engenharia.

Onde fica? Localizado no prédio administrativo da Trensurb, no pátio da empresa, em Porto Alegre, no bairro Humaitá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *