Distante 40 quilômetros de Porto Alegre, Novo Hamburgo está localizada no Vale dos Sinos e, segundo o censo 2010, possui 238,9 mil habitantes. A inauguração da Estação Santo Afonso ocorreu no dia 2 de julho de 2012.

A primeira conexão direta a Novo Hamburgo

Distante 40 quilômetros de Porto Alegre, Novo Hamburgo está localizada no Vale dos Sinos e, segundo o censo 2010, possui 238,9 mil habitantes. A inauguração da Estação Santo Afonso ocorreu no dia 2 de julho de 2012.

Distante 40 quilômetros de Porto Alegre, Novo Hamburgo está localizada no Vale dos Sinos e, segundo o censo 2010, possui 238,9 mil habitantes. A inauguração da Estação Santo Afonso ocorreu no dia 2 de julho de 2012.

Distante 40 quilômetros de Porto Alegre, Novo Hamburgo está localizada no Vale dos Sinos e, segundo o censo 2010, possui 238,9 mil habitantes. Com forte influência dos imigrantes alemães, o município começou a tomar forma a partir de 1824 e concretizou sua emancipação política em 5 de abril de 1927. Neste mês, Novo Hamburgo completou 87 anos. Entre os 27 bairros da cidade, o segundo mais populoso é Santo Afonso, com 23,8 mil moradores. Esse bairro foi o primeiro de Novo Hamburgo a ser atendido pela Linha 1 da Trensurb e dá nome à estação do metrô.

Depois de operar por quase dois meses de forma experimental, a inauguração oficial da Estação Santo Afonso ocorreu no dia 2 de julho de 2012. Desde então, o trem é a melhor opção de transporte público para os hamburguenses, que viajam até Porto Alegre em 46 minutos por R$ 1,70. Até março deste ano, 2.827.612 milhões de passageiros já acessaram o sistema pela estação. Para Eny Edith Michel, 76 anos, a expansão do trem “foi uma mão na roda”. A moradora de Sapucaia vai duas vezes por semana a Novo Hamburgo para ir à massagista e visitar sua irmã. “Antes eu pegava dois ônibus para vir para cá. Agora, é mais prático e rápido”, conta a aposentada.

O conceito arquitetônico da estação Afonso segue o princípio da eficiência energética: seja no tipo de luminárias, no dispositivo de economia das escadas rolantes, nas instalações em tons claros (como o piso) e no aproveitamento da luz solar, tudo foi pensado para a redução do consumo de energia elétrica. As plataformas de embarque e desembarque têm 200 metros de extensão e a estação já possui acessibilidade universal, com elevadores, escadas rolantes, piso podotátil e banheiros adaptados para portadores de necessidades especiais.

Ana Paula Camilotti, 23 anos, trabalha na Trensurb há quatro anos como assistente operacional e, desde a inauguração, atua na Estação Santo Afonso. “Os usuários fazem muitas perguntas sobre a estação. O trem ainda é novidade por aqui e tem muita gente que vem para passear”, conta Ana.

Quem trabalha no local conta que o bicicletário faz sucesso, é muito utilizado. Leandro da Silva Rodrigues, 42 anos, há quatro meses pega o primeiro trem, pouco depois das 5h, em direção a Porto Alegre, onde trabalha como frentista em um posto de combustíveis. Leandro é morador do bairro Santo Afonso e leva poucos minutos até a estação. “No final do dia, volto e pego a bicicleta aqui. Se não fizesse isso, não chegaria a tempo no trabalho”, conta Leandro.

Dos 12 espaços comerciais disponibilizados na estação, três estão ocupados. A Pipoca do Trem faz sucesso entre os usuários. Com uma unidade na Estação São Leopoldo há quatro anos, o estabelecimento atende também na Estação Santo Afonso desde a sua inauguração oficial. Priscila Thoen, 23 anos, é funcionária do estabelecimento, que vende pipoca doce e salgada, chocolate-quente e refresco. Segundo ela, o fluxo de pessoas ajuda nas vendas: “Nós vendemos de 300 a 400 pipocas por dia, similar ao que vendemos em São Leopoldo”. Priscila, que sempre trabalhou em vendas, conta que o público da estação é muito amigável e acolhedor.

One Comment

  1. Acho Novo Hamburgo uma cidade tão feia e sem graça…

    Não troco Canoas por outras cidades do Rio Grande do Sul.

    Mesmo assim é bom ter a Trensurb nos fornecendo um transporte de qualidade!

    Responder

Deixe uma resposta para Matheus Bernardes Couto Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *