11 anos de incentivo à leitura

Biblioteca mantida pela Trensurb, o Espaço Multicultural Livros sobre Trilhos (EMLsT) completou 11 anos de atividades no último domingo (15). A unidade original do EMLsT foi inaugurada em dezembro de 2008, na plataforma de embarque da Estação Mercado do metrô. Em março deste ano, foi criada uma unidade adicional no saguão da Estação Novo Hamburgo. Com um catálogo de 9,5 mil exemplares (dos quais cerca de 2 mil estão na unidade hamburguense), a biblioteca oferece serviço gratuito de empréstimo de livros. O acervo é ampliado somente por meio de doações. Em celebração ao aniversário do Espaço Multicultural, foi realizada uma programação comemorativa que trouxe mais cultura ao dia a dia dos usuários do metrô.

No dia 6, o grupo Samba do Irajá trouxe muita música e dança à Estação Mercado, com uma roda de samba para os usuários do metrô que passavam pelo local e resolveram parar para ouvir. Jesus Machado, integrante do Samba do Irajá, diz que a experiência de tocar na estação é parecida com a realidade de um teatro: “O público é muito diversificado. Ver o pessoal compartilhando com a gente, cantando junto, foi muito gratificante”.

No dia 10, a unidade Mercado do EMLsT recebeu o lançamento do segundo livro da metroviária Ivone Aretz, intitulado Em Busca do Ser. Além de trabalhar na Trensurb, Ivone é mestra reiki, promotora de saúde integral e estudante da espiritualidade e das plantas medicinais. Conforme a autora, o objetivo do livro é guiar cada ser a buscar em si a sua essência: “Vivemos tempos difíceis, é necessário que cada pessoa busque dentro de si a sua verdade. É essencial ter coragem para enfrentar a si mesmo e despertar para o amor incondicional, para assim viver a serena alegria”.

No dia 16, uma ação do projeto Livros Livres distribuiu 100 exemplares em um trem que partia da Estação Mercado. Os usuários encontraram os volumes sobre os assentos da composição que saiu da estação logo após as 14h. A intenção – apresentada em marcadores de páginas entregues com os livros – é que, após a leitura, esses exemplares possam voltar a ser compartilhados com outras pessoas. Na tarde do dia 17, a mesma ação foi realizada em um trem que partia da Estação Novo Hamburgo. Usuária do metrô, Taís Borges de Castro gostou da ação e do exemplar que levou para casa: “Eu acho bem legal para incentivar o pessoal a ler mais. Tem gente que nem sabe que essa biblioteca é gratuita, então acho um ótimo incentivo”.

No dia 18, o saguão da Estação Mercado recebeu uma Feira de Troca de Livros. Quem passava pelo local podia deixar um livro seu e escolher um entre os 50 exemplares disponíveis no estande para levar para casa. No mesmo local, também era possível preencher a ficha com seus dados para se tornar associado do EMLsT. Entre os usuários do metrô que participaram da Feira, esteve Giovanni Callegaro, de 34 anos, que aproveitou para trocar seis exemplares. “Sempre apoio ações como essas pois elas tornam a literatura mais acessível”, afirma. “Os livros ainda são bastante caros e nem todo mundo tem acesso. Assim podemos renovar o acervo, trocar com os amigos”, completa Giovanni.

Conforme o gerente de Comunicação Integrada da Trensurb, Jânio Ayres, “as comemorações de aniversário do Espaço Multicultural se encerraram com êxito e um bom retorno de usuários e leitores, tanto pessoalmente como pelas rede sociais”. Ayres afirma que “por meio do EMLsT, a Trensurb assume um importante papel de facilitar o acesso ao livro e à literatura, mas também vai além disso, promovendo oficinas, exposições, mediações de leitura e outras atividades culturais”. Para ele, “prestar esse serviço é um privilégio”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *