GRU

A Guia de Recolhimento da União (GRU), foi instituída pela Instrução Normativa - STN nº 3, de 12.04.2004, com a finalidade de facilitar o recolhimento de receitas devidas aos órgãos da Administração Publica Federal, integrantes do Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal (Siafi).

Para atender esta norma, a Trensurb possibilita que seus clientes emitam, diretamente, a GRU através deste site. Com isto, não há necessidade de buscar, na sede da empresa, a Guia para quitá-la, o que pode ser feito em qualquer agência do Banco do Brasil.

Outras orientações e esclarecimentos podem ser obtidos através do telefone (51) 3363-8232 ou pelo fax (51) 3363-8170 ou ainda pelo e-mail separ@trensurb.gov.br.

Aviso aos beneficiários do Plano de Saúde Unimed/Trensurb

A empresa informa aos beneficiários do Plano de Saúde Unimed/Trensurb que o pagamento das mensalidades e consultas deve ser efetuado até o dia 10 de cada mês.

A partir de outubro de 2013, os pagamentos efetuados com atraso serão acrescidos de multa e juros que serão incluidos no valor a pagar do mês subsequente.

Conforme consta no Termo de Adesão, é facultado à Trensurb o cancelamento da inscrição do beneficiário no referido plano no primeiro mês de inadimplemento do pagamento integral.

Reajuste da mensalidade

A Trensurb informa aos beneficiários do Plano de Saúde Unimed (empregados ativos, aposentados e seus dependentes) que sobre este incidirá o reajuste anual, a partir de 1º de novembro de 2013, conforme apresentado abaixo:

Mensalidade dos empregados ativos, aposentados por invalidez e seus dependentes - R$ 153,87
Mensalidade dos aposentados e dependentes - R$ 307,74
Taxa de participação em consultas (empregados, aposentados e seus dependentes) - R$ 22,40

Esses valores vigorarão até 31/10/2014.

Apesar dos esforços da empresa durante a negociação com a Unimed, fornecedor atual, não foi possível estabelecer um valor menor para as mensalidades do plano de saúde.

A Unimed manteve o valor da taxa de participação na consulta inalterado, mas alega que o plano da Trensurb gerou um déficit nos últimos 12 meses e sem a repactuação, seria inviável manter os serviços prestados.

Em pesquisa realizada junto a empresas de porte semelhante e com planos equivalentes, constatou-se que os valores praticados são superiores aos ora aplicados à Trensurb.

Considerando os serviços até então prestados aos beneficiários, dos quais não há relatos de reclamações, a Trensurb, nesse momento, optou em acatar o reajuste proposto.

Em paralelo a empresa está trabalhando em um novo processo licitatório para prestação de assistência médica complementar, buscando oferecer alternativas de custos mais acessíveis para o plano de saúde visando garantir segurança e tranquilidade para todos os empregados e seus dependentes.

Este trabalho procura adequar e/ou ampliar a oferta de planos que melhor se adaptem a nossa realidade quanto à cobertura e custos, visando garantir a continuidade do benefício e extensão ao maior número de empregados possível, com o mesmo grau de satisfação.


Recolhimento



Contribuinte





Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A. | Av. Ernesto Neugebauer 1985, - Humaitá - Porto Alegre - RS - Brasil - CEP 90250-140 | Fone: +55 51 3363 8000