Sheila Senna entrou na Trensurb em março deste ano.

Uma história de superação

De acordo com o censo realizado em 2010 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil possui aproximadamente 45 milhões de pessoas com deficiência. Apesar de representarem cerca de 24% da população, ainda não é comum vê-las no ambiente de trabalho. Mas isso não impediu Sheila Moreno Senna de correr atrás de seus sonhos e agora ela é a primeira metroviária da Trensurb com deficiência auditiva.

Na empresa desde março, ela conta que não teve dificuldades para entrar no mercado de trabalho. “Consegui muito rápido”, diz ela, que já trabalhou nos Correios, INSS e Tribunal de Justiça. Atualmente, a empregada atua tanto na bilheteria quanto nos bloqueios da Estação São Pedro, revezando as funções com seus colegas. Apesar do agito das estações, Sheila diz que seu emprego é tranquilo e a convivência com os colegas é boa.

Irmã de outras cinco mulheres e dois homens, Sheila utiliza o tempo livre para visitar seus familiares. Nos momentos de lazer, gosta de ir ao cinema ou a shows de rock com seu companheiro Anderson. “Ele gosta e até já comprou ingressos”, conta.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *