No trabalho e na vida, colecionando viagens

Noeli Cruz Carlos, de 55 anos, nascida e moradora de Porto Alegre, trabalha na empresa desde 1987 e atualmente é operadora de trens. Com dois meses de vida, Noeli foi com a família morar em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, local onde viveu até os 25 anos de idade. Lá, estudou e obteve licenciatura em matemática. Quando voltou a Porto Alegre com a família, estava à procura de emprego e um amigo sugeriu que participasse da seleção para ingressar na Trensurb.

Em julho de 1987, entrou na empresa para desempenhar a função de agente de estações, sendo esse seu primeiro emprego. Permaneceu no cargo por dois anos, até que em 1989 fez um concurso interno para tornar-se operadora de trens: “Era o que eu achava que me identificava e, realmente, foi o que eu gostei mais”, afirma sobre a função que exerce até hoje. Noeli diz que cada viagem é diferente da outra, pois nunca sabe qual será o comportamento dos usuários. Ela conta que fica encantada com o olhar das crianças para a cabine do trem, que às vezes abanam, das plataformas. No momento, ela pensa em se aposentar, já que está completando 30 anos de experiência e de Trensurb.

Leia mais →

Mecânico, pescador, agricultor e viajante

Jorge Roberto dos Santos Mortágua, de 53 anos, assistente de serviços da Trensurb, é pai de quatro filhos. Wagner, Igor, Franci e Katriel. Tem também duas netas, Alichia, de sete anos, e Ana Julia, de nove. Mortágua, como é conhecido na empresa, trabalha na Coordenação de Desenvolvimento de Manutenção (CDM) do aeromóvel, auxiliando e efetuando serviços de manutenção no sistema.

Quando questionado sobre sua função na empresa, brinca: “Nem sei mais qual função é a minha, já passei por tantas. Só sei que, no momento, sou responsável pela manutenção do aeromóvel”. Antes de trabalhar no CDM, ele passou por vários outras áreas, como o Setor de Operações, os antigos setores de Manutenção Leve e de Manutenção e Obras e, por último, o Setor de Apoio. Na empresa há 28 anos, recém completados no dia 20 de outubro, ele conta que trabalhou em alguns lugares antes de ingressar na Trensurb, como em uma oficina mecânica: “Em Pelotas, atuei como mecânico em uma oficina, onde arrumávamos carros, caminhões e diversos outros veículos”.

Leia mais →

Contabilidade, voluntariado e viagens

O técnico em contabilidade Esequiel Reimers Dalmas, de 25 anos, ingressou na Trensurb em dezembro de 2011 e trabalha no Setor de Pagamentos e Receitas. Ele atua na emissão de faturas de permissionários, classificação de recebimentos e compensação de tarifas. “Eu aprendi bastante aqui na empresa”, afirma. O técnico monitora toda a receita da Trensurb diariamente na bilhetagem eletrônica, atuando em conjunto com o Setor Comercial, para que sejam calculadas as compensações de cada integração.

Quando foi convocado para assumir seu cargo na empresa, vivia na Grande Belo Horizonte. “Morei na comunidade Ele Clama, que é uma comunidade terapêutica para dependentes químicos onde eu trabalhava como voluntário”, relata. Foi lá que conheceu a esposa, Patrícia, com quem é casado há um ano. Esequiel conta que ela frequentava uma igreja que auxiliava a comunidade com doações e mantimentos.

Natural de Portão, ele mora hoje em São Leopoldo. Gosta de jogar futebol com os amigos, assistir filmes de ação, comédia, ficção científica e séries da Marvel. Também gosta muito de viajar e diz que os lugares mais interessantes que visitou foram Haiti e Moçambique. “Foi muito legal conhecer esses lugares, foi um choque de realidade, conheci várias aldeias e culturas diferentes”, afirma.

Foto: Arquivo Trensurb

Acompanhe o status de operação dos trens pelo Facebook

Foto: Arquivo Trensurb

Foto: Arquivo Trensurb

Uma preocupação dos usuários pela manhã é saber como está o status de operação dos trens. Agora quem nos segue no Facebook tem acesso a esta informação com um clique!

A aba “Status do Trem” mostra como está a situação de circulação no momento e a frequência de partidas dos trens. Vale a pena dar uma conferida antes de sair de casa!

Se você quer saber os horários de partidas e chegadas de cada estação, confira no site da Trensurb.