fantuzzi

Construindo a história da Trensurb

fantuzzi

Aos 27 anos, Lino Fantuzzi começou a trabalhar em um grande projeto: a implantação de uma linha de metrô para ligar Porto Alegre ao eixo norte da Região Metropolitana. Recém-formado em engenharia civil pela UFRGS, Fantuzzi participou da criação do projeto original do sistema da Trensurb, elaborado na década de 1970 pelo Grupo Executivo de Integração da Política de Transportes do governo federal.

O que ele não podia prever é que iria acompanhar todo o desenvolvimento do sistema durante 33 anos, desde o início de sua implantação em 1980. Hoje, aos 65 anos, o engenheiro coordena a conclusão da última etapa de expansão até Novo Hamburgo. “É muito gratificante participar de um projeto, acompanhar todas as etapas e ver ele concretizado”, declara. Fantuzzi explica que faltam apenas os últimos ajustes e testes para possibilitar a circulação dos trens nas novas estações em Novo Hamburgo também nos horários de pico. Falhas apresentadas no sistema de abastecimento de energia precisam ser corrigidas pelo Consórcio Nova Via – executor do projeto – para garantir a confiabilidade do sistema e possibilitar a operação em horário integral.

O engenheiro lembra dos colegas que o acompanharam durante todo esse tempo de Trensurb: “Sempre procuramos desenvolver um ambiente de trabalho com responsabilidade, mas com um clima leve. Passamos tanto tempo dentro da empresa. Se não tivermos bom humor, tudo fica mais difícil.” Natural de São Jerônimo, ele veio para Porto Alegre aos 15 anos, onde terminou a escola, cursou a faculdade e vive até hoje. É casado, tem três filhos e duas netas pequenas. Para se exercitar, conta que gosta de jogar futebol e correr. Para relaxar a mente, Fantuzzi se arrisca na culinária.

Foto Luiz Soares (4)

De olho no futuro

Foto Luiz Soares (4)

“Hoje nós somos uma família metroviária”. É o que afirma Dóris Souza Coelho, 44 anos, sobre ela e o marido, Luciano Castro, que atua no Centro de Controle Operacional (CCO) da Trensurb. Dóris e Luciano são casados há 25 anos e se conheceram na faculdade de engenharia química da PUCRS. O casal também trabalhou junto na hoje extinta Companhia União de Seguros Gerais até o ano 2000. Em 2003, Luciano ingressou na Trensurb e logo disse para a esposa: “Quer ser minha colega de novo? A empresa é muito boa, o ambiente é muito bom e acredito que temos condições de crescer profissionalmente lá”. E foi o que Dóris fez.

Em 2006, ela prestou concurso e foi aprovada, sendo convocada em 2008. Trabalhou em diversas estações até que surgiu a oportunidade de passar ao cargo de assistente operacional padrão 2. Desde o início do mês, Dóris é responsável pela coordenação das atividades da Estação Niterói.

Ela destaca que já começou na empresa com o objetivo de ascender na profissão: um dia quer chegar ao CCO, como o marido. Ela destaca a importância de dar suporte aos colegas: “Receber os novos assistentes nas estações é uma grande responsabilidade. Passar o trabalho da maneira correta é de extrema importância porque influencia diretamente no resultado da estação”.

Foto: Arquivo Trensurb

Inscrições para o Programa Estação Educar 2014 começaram

Foto: Arquivo Trensurb

Foto: Arquivo Trensurb

Você tem 15 anos e quer começar a construir seu futuro profissional agora? A Trensurb pode te dar uma força através do Programa Estação Educar 2014.

O projeto, realizado em parceria com o SENAI, vai oferecer aprendizado profissional para 40 jovens através do curso de assistente administrativo.

Os participantes devem estar matriculados na escola em cursos regulares do Ensino Médio em 2014, ter disponibilidade para cumprir a carga horária de 4h diárias no turno inverso da escola, possuir renda familiar mensal de até meio salário mínimo por pessoa, e residir em um dos municípios atendidos pelo metrô (Porto Alegre, Canoas, Esteio, Sapucaia do Sul, São Leopoldo e Novo Hamburgo).

As inscrições para a seleção iniciaram nesta semana, através do site da Trensurb, e vão até as 11h do dia 9 de dezembro. Veja mais sobre o Programa Estação Educar 2014 acessando o site da Trensurb.

Foto: Arquivo Trensurb

Dia D na Trensurb – limpeza e organização

Foto: Arquivo Trensurb

Foto: Arquivo Trensurb

Trabalhar em um ambiente organizado, limpo e com ações sustentáveis. O Dia D é uma ação interna da Trensurb que visa melhorar o ambiente de trabalho de quem atua na área de manutenção dos trens.

Durante a atividade, realizada no início do mês, os funcionários refizeram a pintura de faixas de sinalização nas portas e no chão, além de organizarem materiais de escritório e de manutenção. Os objetos sem uso ou com problemas foram enviados para descarte ou reciclagem.

O Dia D é inspirado no Programa 5S, uma ferramenta de qualidade criada no Japão e baseada em uma filosofia de trabalho que promove a consciência e a responsabilidade de todos em um setor. Segundo o diretor de Operações da Trensurb, Paulo Renato Amaral, “esta iniciativa é fundamental para manter um alto padrão de eficiência e segurança no local de trabalho desses profissionais, pois com um ambiente limpo e organizado, além de se oferecer mais qualidade de vida aos que trabalham lá, teremos também uma maior produtividade nos serviços de manutenção”.

 

bira

Na luta pela cidadania

Foto: Arquivo Trensurb

Durante os últimos meses estamos contando histórias de pessoas que estão conectadas com a Trensurb de alguma forma. Como foi o caso do Lícaro e da Nailane que se conheceram nas viagens de trem, ou do Flávio, que trabalha no centro de controle operacional da empresa e cultiva as tradições gaúchas em cima de sua Harley Davidson.

Hoje é a vez do Bira, ou melhor dizendo, do Ubirajara Carvalho Toledo, 54 anos. Técnico industrial do Setor de Sinalização, ele trabalha na Trensurb há 28 anos.

Formado em Direito na Unilasalle, Bira tem em sua trajetória muito ativismo e luta no movimento social negro. Desde 1999 ele está engajado em contribuir com as comunidades rurais negras. Atualmente, Ubirajara é coordenador do Instituto de Assessoria às Comunidades Remanescentes de Quilombolas (IACOREQ), que busca desenvolver a cidadania nessas comunidades do Rio Grande do Sul.

O IACOREQ conta com aproximadamente 25 associados e profissionais de diversas áreas que trabalham voluntariamente.  Fundado em 18 de dezembro de 2001, ele foi o pioneiro na localização e cadastramento de quilombos no estado. “Nós somos apenas amplificadores das demandas dessas comunidades”, conta Bira.

Ano passado, Ubirajara fez parte da exposição Lanceiros Contemporâneos, organizada pelos Correios, e que esteve na Estação Mercado em março, destacando 20 personalidades por seu trabalho em prol das causas dos movimentos sociais afro-brasileiros.

simPA

Tchau bilhete, olá cartão SIM

SIM Passagem Antecipada - Foto Marco Pecker (15)

Aos poucos, o bilhete laranja da Trensurb está indo para o mesmo lugar das fichas telefônicas, fichas de ônibus, fitas K7 e outros objetos que se tornaram obsoletos por causa do avanço tecnológico. Os usuários já estão sendo apresentados ao cartão SIM, que garante mais segurança, mais agilidade e mais praticidade para quem precisa pegar o trem.

– Cartão SIM Unitário
É o cartão equivalente ao passe único nas estações. Custa R$ 1,70 e dá direito a uma passagem ao usuário. É indicado para quem pega o trem de vez em quando. Comprando na bilheteria hoje, você tem até o fim do dia seguinte para utilizá-lo. Após este período, você pode devolvê-lo na bilheteria e receber R$ 1 na troca, ou carregá-lo para utilização por R$ 0,70.

– Cartão SIM Passagem Antecipada
Se você é um daqueles usuários que comprava vários bilhetes de uma vez, para poder pegar o trem todo dia sem precisar ficar na fila da passagem, o cartão SIM Passagem Antecipada é o ideal para você! Com ele você pode fazer a mesma coisa: comprar mais de uma passagem para utilizar no tempo que quiser.

São muitas as vantagens do cartão SIM Passagem Antecipada: você não precisa enfrentar filas na bilheteria, embarca com maior facilidade e não fica com bilhetes perdidos em bolsos, mochilas e carteiras. Em caso de perda ou roubo do seu cartão, você pode bloqueá-lo e recuperar os créditos ao fazer um cartão novo.

E mais: você também pode utilizar este cartão SIM para circular nos ônibus integrados de Porto Alegre – todas as linhas urbanas – e de Canoas – linhas metropolitanas operadas pela Vicasa – com direito ao desconto de integração. Você pode fazer o seu cartão de graça nos quiosques nas estações Mercado, Canoas/La Salle, Esteio, Sapucaia e Santo Afonso (das 10h às 20h).

Tá esperando o quê para fazer o seu cartão SIM? :)