Entrevista: Ale Maia e sua homenagem a Sapucaia do Sul

Carlos Alexandre Torres Siqueira de Maia e Pádua, mais conhecido no meio das artes plásticas como Ale Maia e Pádua, tem 36 anos, nasceu em Niterói, no Rio de Janeiro, e graduou-se em design pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) de Porto Alegre em 2012. Começou a pintar no fim da faculdade, quando se apaixonou pelas artes visuais e passou a assinar não mais como designer e sim como artista. Desde 2015, ele já apresentou quatro exposições de arte aos usuários da Trensurb, no Espaço Multicultural Livros sobre Trilhos e na Galeria Mario Quintana, na Estação Mercado.

Também autor do painel Os cavalos, em exibição permanente na Estação Luiz Pasteur da Trensurb, Ale esteve recentemente no Rio Grande do Sul mais uma vez e pôde finalmente conferir seu trabalho de perto. Uma homenagem ao município de Sapucaia do Sul, a obra foi instalada em 27 de fevereiro deste ano, às vésperas do aniversário de 34 anos de operação do metrô gaúcho – completados em 2 de março. O painel de três metros quadrados conta com elementos que remetem à geografia, cultura e história de Sapucaia do Sul. Conversamos com Ale sobre Os cavalos, seu processo de criação e sua carreira.

Leia mais →

Sapucaia do Sul: 55 anos de emancipação

Sapucaia do Sul teve origem com a chegada dos descendentes portugueses e açorianos, à Fazenda Sapucaia e ali fixaram moradia, tomando posse da terra com a Carta Sesmaria, em 1738. O local era distrito do município de São Leopoldo e conquistou vida administrativa própria em 1961, quando foi emancipada pelo então governador do estado do Rio Grande do Sul, Leonel Brizola. A cada dia 20 de agosto é comemorada a vitória do plebiscito que resultou na emancipação política da cidade.

Leia mais →

pipas

Festival das Pandorgas em Sapucaia do Sul

Crédito: Daniela Lame

Crédito: Daniela Lame

Não estranhe se durante a viagem de trem você encontrar algumas pessoas levando pandorgas nas mãos e descendo na Estação Sapucaia – certamente estão indo ao Morro do Chapéu para testar a aerodinâmica de sua criação antes do Festival das Pandorgas.

Em 2010, acontecia em Sapucaia do Sul a última edição do Festival das Pandorgas. O evento tinha a proposta de reunir os estudantes do município nas proximidades do Morro do Chapéu para aprender mais sobre a zona rural da região e ensinar a importância da preservação ambiental. O concurso premiava as cinco melhores pandorgas em duas categorias, infantil e juvenil.

Crédito: artesanatoereciclagem.com.br

Crédito: artesanatoereciclagem.com.br

Depois de um hiato de dois anos, a prefeitura de Sapucaia vai consolidar o evento na agenda cultural da cidade e já tem até data marcada para a realização neste ano: 22 de novembro. O objetivo é reunir cerca de 2 mil pessoas, vindas de todas as escolas da cidade, municipais, estaduais e particulares, além de grupos e entidades que desejarem participar do Festival.