Entrevista: criatividade e representatividade na arte de Amanda Jacobus

Até 31 de janeiro do próximo ano, a exposição Mulheres de Coragem, de Amanda Jacobus, fica em cartaz no Espaço Multicultural Livros sobre Trilhos, na plataforma de embarque da Estação Mercado. A mostra traz ilustrações que representam seis mulheres brasileiras, personagens do folclore e da história, que inspiram por sua coragem e determinação. A autora de Mulheres de Coragem é publicitária, sócia de uma agência de comunicação que auxilia negócios de mulheres empreendedoras e também mantém um blog sobre viagens e cultura. Afirma estar “metida em todas as formas de expressão” e conta que desenha, escreve, fotografa e faz vídeos “por hobby e paixão pela arte”. Conversamos com ela sobre a exposição, sobre arte, igualdade e seu trabalho como publicitária. Confira a entrevista a seguir.

Leia mais →

Entrevista: cultura hip hop na luta contra o assédio

A Trensurb e o Comitê Gaúcho Impulsor ElesPorElas (HeForShe) desenvolvem, durante os próximos meses, a campanha ‘Fim da linha para a violência contra a mulher’, primeiro projeto coletivo do Comitê a provocar o tema pelo fim da violência contra mulheres em espaços de transportes públicos. Além de materiais gráficos divulgados no metrô, a campanha contará com intervenções artísticas com o uso grafite e de batalhas de rap que ocorrerão em estações selecionadas. Essas intervenções serão promovidas pelo Coletivo Hip Hop Linha do Trem, integrante da Casa da Cultura Hip Hop de Esteio. O Coletivo foi criado no segundo semestre de 2017, buscando promover o diálogo e a articulação em rede das cidades e dos jovens da cultura hip hop das regiões ligadas pela Trensurb. Foi um dos participantes do Linha do Trem, Rafael Diogo dos Santos – o MC Rafa, do grupo de rap Rafuagi –, que levou à secretária executiva do Comitê Impulsor ElesPorElas no estado, Karen Lose, a ideia de criar um projeto em que o hip hop, através da atuação do Coletivo, tivesse protagonismo na luta pelo fim da violência contra a mulher.

Leia a seguir nossa entrevista com Rafa Rafuagi, que falou sobre o Coletivo, a cena da cultura hip hop gaúcha e o protagonismo da mulher nesse espaço.

Leia mais →

ddccvm2

Trensurb participa de campanha pelo fim da violência contra as mulheres

Exposição realizada na Estação Mercado alerta para a causa. Foto: Arquivo Trensurb.

Exposição realizada na Estação Mercado alerta para a causa. Foto: Arquivo Trensurb.

Em 1991, foi criada a campanha global 16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres, atualmente realizada em mais de 130 países. O objetivo é promover debates e denunciar as várias formas de violência contra as mulheres. A Trensurb participará através do Setor de Responsabilidade Socioambiental e do grupo Mulheres Metroviárias em Movimento.

Entre hoje e dia 10 de dezembro, através de parcerias com as secretarias de saúde dos municípios atendidos pelo metrô, material gráfico informativo será distribuído em seis estações da Linha 1. A programação das atividades é a seguinte:

– 2 de dezembro – Estação Santo Afonso
– 3 de dezembro – Estação São Leopoldo
– 4 de dezembro – Estação Sapucaia
– 5 de dezembro – Estação Esteio
– 6 de dezembro – Estação Mathias Velho
– 10 de dezembro – Estação Mercado

Venha com a gente apoiar esta causa!

Sobre a campanha

Vinte e três mulheres de diferentes países, reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres, lançaram a campanha dos 16 dias de ativismo. As participantes escolheram um período de significativas datas históricas que marcaram a luta das mulheres – começando no dia 25 de novembro, data do I Encontro Feminista da América Latina e Caribe (em 1981) e dia Internacional de Não Violência Contra as Mulheres; terminando no dia 10 de dezembro, dia Internacional dos Direitos Humanos.

MMM cartaz campanha permanente (1)

Trensurb realiza ação pelo fim da violência contra as mulheres

MMM cartaz campanha permanente

Seis em cada dez brasileiros conhecem alguma mulher que foi vítima de violência doméstica. Os dados da pesquisa realizada pelo Instituto Avon refletem uma triste realidade de muitas mulheres no Brasil. Hoje, dia 7 de agosto, a Lei Maria da Penha completa sete anos. Durante o dia, a Trensurb, através do grupo Mulheres Metroviárias em Movimento (MMM), realiza a primeira ação da Campanha Permanente Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres, com distribuição de folders sobre o tema na Estação Mercado até às 17h.

Pela manhã, a cerimônia de início da ação contou com a presença de diversas coordenadorias, secretarias e centros de referência voltados ao tema. A campanha terá continuidade com divulgações periódicas em estações e eventos dentro e fora da empresa, como a Expointer e a Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho.

  •       Metroviárias unidas pela causa

O grupo Mulheres Metroviárias em Movimento tem como objetivo discutir, pesquisar e expandir, na Trensurb, a promoção da igualdade de gênero e étnico-racial, além de trabalhar na defesa dos direitos, da saúde e da prevenção e combate a todas as formas de violência contra as mulheres.