Foto Luiz Soares (4)

De olho no futuro

Foto Luiz Soares (4)

“Hoje nós somos uma família metroviária”. É o que afirma Dóris Souza Coelho, 44 anos, sobre ela e o marido, Luciano Castro, que atua no Centro de Controle Operacional (CCO) da Trensurb. Dóris e Luciano são casados há 25 anos e se conheceram na faculdade de engenharia química da PUCRS. O casal também trabalhou junto na hoje extinta Companhia União de Seguros Gerais até o ano 2000. Em 2003, Luciano ingressou na Trensurb e logo disse para a esposa: “Quer ser minha colega de novo? A empresa é muito boa, o ambiente é muito bom e acredito que temos condições de crescer profissionalmente lá”. E foi o que Dóris fez.

Em 2006, ela prestou concurso e foi aprovada, sendo convocada em 2008. Trabalhou em diversas estações até que surgiu a oportunidade de passar ao cargo de assistente operacional padrão 2. Desde o início do mês, Dóris é responsável pela coordenação das atividades da Estação Niterói.

Ela destaca que já começou na empresa com o objetivo de ascender na profissão: um dia quer chegar ao CCO, como o marido. Ela destaca a importância de dar suporte aos colegas: “Receber os novos assistentes nas estações é uma grande responsabilidade. Passar o trabalho da maneira correta é de extrema importância porque influencia diretamente no resultado da estação”.