Domínio do aeromóvel

Para que os trens operem todos os dias, a Trensurb conta com um quadro funcional com cerca de mil empregados que atuam em diversas áreas e garantem o bom funcionamento do metrô, o planejamento e a gestão da empresa. As 48 unidades organizacionais da Trensurb estão divididas entre três diretorias, duas superintendências, 14 gerências, 28 setores e um órgão de auditoria interna. Conheça o trabalho da Coordenação de Desenvolvimento Operacional (CDO).

Quem faz? A equipe do CDO conta com 13 pessoas: coordenador, assessor operacional e operadores e controladores de aeromóvel.  A unidade está subordinada ao Centro de Desenvolvimento Operacional aplicado à Tecnologia Aeromóvel (Cedaer).

O que faz? O trabalho do CDO e sua equipe mantém a linha metrô-aeroporto do aeromóvel em pleno funcionamento, controlando a automação do sistema, monitorando rotações do motor, pressão dos compressores e a operação em modo automático. Eventualmente, os controladores assumem em modo manual, quando há alguma falha, e também modificam parâmetros de alguns equipamentos, cuidando dos aspectos de segurança do sistema e dos usuários.

Leia mais →

Porto Alegre: 244 anos de história, 31 anos com o metrô

No dia 26 de março, é comemorado o aniversário da capital gaúcha, Porto Alegre. Há 244 anos, em 1772, era fundada como Freguesia de São Francisco do Porto dos Casais. Em 1821, ganhou o status de cidade graças ao imperador Dom Pedro II. Atualmente, Porto Alegre integra o pólo turístico do Estado e, sob diversos aspectos, é considerada modelo para o país. A Trensurb opera na capital há 31 anos, ligando-a hoje a outros cinco municípios. Atualmente, a população da capital gaúcha é de 1,47 milhão de habitantes, em uma área que se estende por de 496,7 quilômetros quadrados. Com sete estações do metrô gaúcho (incluindo o aeromóvel) localizadas na cidade, a estação terminal Mercado foi a que mais teve acessos de usuários em 2015 dentre todas que integram o sistema metroviário, com 8,95 milhões de passageiros.

Banhada pelo Lago Guaíba, circundada por dezenas de morros, terra de Inter e Grêmio, de domingos ensolarados nos parques e tema de canções e poemas, “Porto Alegre é demais”. Atrai cada vez mais pessoas em busca de oportunidades, de um lugar para viver, ou mesmo turistas e moradores de outras cidades e países em busca de lazer e/ou momentos e lugares únicos que só a capital gaúcha oferece.

Leia mais →

Foto: Arquivo Trensurb

De Porto Alegre à Sapiranga de trem: uma realidade próxima

Foto: Arquivo Trensurb

Foto: Arquivo Trensurb

A Trensurb, mais do que conectar cidades através do trem, conecta muitas pessoas com suas viagens diárias. Neste ano, muitos projetos que visam ampliar estas conexões estão saindo do papel: o Aeromovel facilita o acesso de quem tem o Aeroporto como destino, e a ampliação das estações até o centro de Novo Hamburgo. E este é só o começo!

Semana passada, a Assembleia Legislativa criou uma Frente Parlamentar em favor da extensão da Trensurb até as cidades de Taquara e Sapiranga. O objetivo dos deputados é trabalhar junto à Trensurb e com prefeitos, vereadores e representantes das comunidades para que o projeto saia do papel e ganhe forma.

Nos próximos dias será assinado o acordo para realizar o estudo de viabilidade técnica para ampliar a Linha 1 do metrô até Sapiranga. A empresa responsável irá analisar itens como acessibilidade, equilíbrio entre mobilidade e proteção ambiental, circulação e trânsito, demanda de transporte e revitalização econômica das áreas atingidas, dentre outros.

Isto significa que, em breve, novas conexões irão surgir, não só no trem, mas também na vida de todos os usuários.

 

Foto: Arquivo Trensurb

Aeromovel é inaugurado em Porto Alegre

“Ele é silencioso, rápido e não polui o meio-ambiente”. Esta foi a declaração dada por uma das primeiras passageiras do Aeromovel, inaugurado no último sábado, dia 10, em Porto Alegre. Por acaso, a passageira que deu esta declaração foi a presidente da República, Dilma Rousseff, que esteve presente na cerimônia e ressaltou as qualidades do veículo em seu discurso.

“O Aeromovel é uma tecnologia 100% nacional e que carrega todas as características da sustentabilidade, tornando-se uma alternativa econômica e de qualidade para aprimorar os serviços de mobilidade urbana pelo país”, afirmou a presidente.

Foto: Arquivo Trensurb

Foto: Arquivo Trensurb

A tecnologia desenvolvida por Oskar Coester, nos anos 70, utiliza a propulsão do ar para mover os carros, que não são motorizados, até o seu destino.  Hoje ela interliga a Estação Aeroporto da Trensurb ao terceiro andar do Terminal 1 do Aeroporto Internacional Salgado Filho. O veículo, com capacidade de 150 passageiros, percorre o trajeto de pouco menos de um quilômetro em uma viagem suave que leva dois minutos.

Durante seu discurso, a presidente Dilma afirmou que parte dos investimentos do PAC Mobilidade Urbana serão aplicados na construção de outras linhas de Aeromovel, citando o projeto de expansão em Canoas como uma de suas prioridades.

Foto: Arquivo Trensurb

Foto: Arquivo Trensurb

Nos próximos 90 dias, o Aeromovel opera em sistema assistido durante os dias úteis, das 10h às 16h. Até o fim deste período, um segundo veículo com capacidade para 300 passageiros será integrado ao serviço. Para dar uma volta nele é só pegar o trem, descer na Estação Aeroporto e embarcar no veículo sem custo algum.

Quem vem do Aeroporto precisa adquirir a passagem da linha do metrô (R$ 1,70) para pegar o Aeromovel rumo à estação.