Irmãos metroviários

Não são apenas o sobrenome e os laços de sangue que unem Marcelo, Maurício e Miguel Essvein. Naturais e moradores de Sapucaia do Sul, os três irmãos dedicam seu tempo à mesma empresa: a Trensurb. Marcelo, 29 anos, e Maurício, 25, trabalham no Setor de Operações, nas estações, enquanto Miguel, 19, é estagiário do Setor de Tráfego.

Leia mais →

Assessorando o diretor-presidente

Para que os trens operem todos os dias, a Trensurb conta com um quadro funcional com cerca de mil empregados que atuam em diversas áreas e garantem o bom funcionamento do metrô, o planejamento e a gestão da empresa. As 49 unidades organizacionais da Trensurb estão divididas entre três diretorias, duas superintendências, 14 gerências, 28 setores, um órgão de auditoria interna e uma ouvidoria. Conheça o trabalho do Gabinete da Presidência (Gapre).

Quem faz? Com status de gerência, o Gabinete da Presidência conta com três empregados: o chefe de Gabinete, um administrador e uma técnica em administração. Atuando juntamente com o Gapre, há a Secretaria da Presidência, composta por uma secretária executiva e duas estagiárias, graduandas em Secretariado Executivo Trilíngue.

O que faz? O papel do Gabinete da Presidência é assessorar o diretor-presidente frente às demandas internas de trabalho advindas de todos os setores da empresa, bem como as demandas externas, principalmente do Ministério das Cidades, Ministério do Planejamento, Presidência da República, órgãos de controle e outros. O Gapre dá suporte técnico ao diretor-presidente quanto a assuntos das diferentes áreas da empresa, elabora documentos oficiais, atas e resoluções, além de assessorar as reuniões de Diretoria Executiva, Conselho de Administração e Assembleia dos Acionistas da Trensurb. Também faz a gestão dos processos físicos e eletrônicos (por meio do Sistema Eletrônico de Informações) e demais expedientes internos e externos.

A Secretaria da Presidência recebe as demandas internas e externas dos pedidos de agenda, eventos e providencia as viagens do diretor-presidente, Conselho de Administração e acionistas.

Leia mais →

Gestão de pessoas

Para que os trens operem todos os dias, a Trensurb conta com um quadro funcional com cerca de mil empregados que atuam em diversas áreas e garantem o bom funcionamento do metrô, o planejamento e a gestão da empresa. As 49 unidades organizacionais da Trensurb estão divididas entre três diretorias, duas superintendências, 14 gerências, 28 setores, um órgão de auditoria interna e uma ouvidoria. Conheça o trabalho da Gerência de Recursos Humanos (Gereh).

Quem faz? A gerência conta com o trabalho de oito empregados: a gerente, cinco administradores, um assistente e um assessor. Subordinada à Diretoria de Administração e Finanças, a Gereh é composta pelos setores de Pessoal (Sepes), de Treinamento (Setre) e de Higiene e Segurança do Trabalho (Seset).

O que faz? A Gerência de Recursos Humanos é responsável por elaborar, em consonância com as diretrizes estratégicas da Trensurb, as políticas de gestão de pessoas: negociações coletivas, gestão do conhecimento, sucessão, planejamento da força de trabalho, remuneração, gestão de carreira, saúde, segurança e qualidade de vida no trabalho, sem perder de vista os valores da empresa.

Leia mais →

Conectando-se com os colegas e consigo mesma

Aline Virginia Homem Nunes, de 32 anos, é natural de São Leopoldo e mora em Canoas. Formada em administração pela Ulbra e pós-graduada em gestão pública pela UFSC, ela ingressou na Trensurb em 2012, como técnica em administração. Inicialmente, trabalhava na área de manutenção e, há cerca de um ano, foi transferida para o Gabinete da Presidência, o que representou um novo desafio em sua carreira. Na manutenção, Aline era responsável por dados estatísticos, gestão de pontos, pessoas e patrimônio. Em sua função atual, dá suporte ao chefe de gabinete e assessores no recebimento, tramitação e arquivamento de documentos oficiais, entre outras atividades administrativas.

A técnica conta que um dos principais motivos da decisão por fazer concurso para trabalhar na Trensurb, além de almejar crescimento e melhor remuneração, foi o serviço que a empresa presta à população, atendendo a quem precisa se deslocar pela região. Isso, segundo Aline, faz com que seu trabalho se torne mais gratificante, pois ele tem um propósito e envolve um bem maior.

Leia mais →

Equipe que planeja

Para que os trens operem todos os dias, a Trensurb conta com um quadro funcional com cerca de mil empregados que atuam em diversas áreas e garantem o bom funcionamento do metrô, o planejamento e a gestão da empresa. As 48 unidades organizacionais da Trensurb estão divididas entre três diretorias, duas superintendências, 14 gerências, 28 setores e um órgão de auditoria interna. Conheça o trabalho da Gerência de Planejamento Corporativo (Gepla).

Quem faz? A equipe da Gepla é formada pela gerente, a administradora Josiane Hensel do Canto, mais um administrador e dois assistentes de serviços.

O que faz? A missão da gerência é ser agente de mudanças, desenvolvendo soluções inovadoras para a gestão. Sua visão é fundamentada na seguinte declaração: “referência de unidade organizacional com papel preponderante na gestão da Trensurb”.

Leia mais →

Controle das finanças

Para que os trens operem todos os dias, a Trensurb conta com um quadro funcional com cerca de mil empregados que atuam em diversas áreas e garantem o bom funcionamento do metrô, o planejamento e a gestão da empresa. As 48 unidades organizacionais da Trensurb estão divididas entre três diretorias, duas superintendências, 14 gerências, 28 setores e um órgão de auditoria interna. Conheça o trabalho da Gerência de Orçamento e Finanças (Georf).

Quem faz? Enquanto unidade administrativa da Trensurb, a Georf é constituída por apenas uma pessoa, o gerente Jair Bernardo Corrêa, administrador de empresas formado pela Unisinos, que possui pós-graduações em logística, pela UFRGS, administração da tecnologia da informação, pela Unisinos, e gestão de negócios, pela Fundação Dom Cabral.

À gerência, no entanto, estão vinculados três setores: de Orçamento (Seorc), de Pagamentos e Receitas (Separ) e de Contabilidade e Patrimônio (Secop). Incluindo a gerência e os três setores, são 27 empregados, entre contadores, administradores, técnicos administrativos, técnicos contábeis e assistentes. Há, também, estagiários das áreas de ciências contábeis e administração de empresas. A Georf responde diretamente à Diretoria de Administração e Finanças da empresa. 

O que faz? As atividades desenvolvidas pela Georf e seus setores são: orientação, coordenação e controle da execução das diretrizes estabelecidas pela Diretoria de Administração e Finanças para as atividades de orçamento, receitas, guarda e aplicação dos recursos financeiros, acompanhamento das despesas, pagamentos, apuração de tributos, atividades contábeis e de controle dos bens patrimoniais.

Leia mais →