Satisfação em garantir viagens tranquilas

Ivan Batista da Silva, de 56 anos, nascido em Porto Alegre e morador de Canoas, é controlador operacional da Trensurb desde 2006. Ivan serviu no exército durante um ano para depois iniciar sua carreira profissional, no ramo de logística. Executou funções de controle de estoque e de entrada e saída de materiais, além de conferência de cargas, durante um período de cinco anos. Até que, no dia 27 de dezembro de 1984, entrou na Trensurb.

Iniciando em 1984 como bilheteiro, Ivan fez concurso interno para agente de estações dois anos depois. Em 2002, tornou-se operador de trens, até que em 2006, através de outro concurso interno, ingressou no Centro de Controle Operacional (CCO), onde atua até hoje. Suas atividades são supervisionar e controlar os serviços de trens, estações e segurança, acionando sempre que necessário serviços externos, como a Brigada Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

No tempo livre, Ivan aproveita para visitar amigos e parentes, dar atenção à família e assistir filmes. Ele conta que ia bastante ao cinema, porém com a chegada de novas tecnologias como o blu-ray e até mesmo a televisão por assinatura, isso deixou de ser um hábito tão frequente. Gosta de filmes de aventura, suspense, ação e também com temas espíritas. “Mas se for um filme bom, de qualquer gênero, eu assisto”, afirma. Apesar de ter visitado poucos lugares – como São Paulo e Brasília –, Ivan também gosta de viajar e deseja conhecer o Nordeste brasileiro e países como Espanha e Itália, além de Angola, de onde vêm seus antepassados. Ele fala ainda de algo que sempre teve vontade de fazer: “Eu nunca fiz mas se eu pudesse, faria: ser mergulhador, conhecer a vida submarina, peixes, ouriços e outras espécies”. O metroviário diz também que sempre procura ler matérias relacionadas ao início da vida na Terra, buscando conhecer a verdade por trás de nossa existência.

Quando indagado sobre a melhor parte em seu trabalho, Ivan afirma: “Para nós, a satisfação maior é essa, a operação correr de maneira normal, para que o usuário possa chegar na estação, pegar o trem dele e ir para sua casa descansar após um dia de trabalho”. Ele destaca a importância de prestar um serviço pontual e de qualidade para a satisfação da população. Para isso, acredita que a harmonia entre os colegas de trabalho é fundamental. Com o incentivo de receber sempre em dia e poder estar há tanto tempo na empresa, Ivan pretende permanecer trabalhando – apesar de estar próximo da aposentadoria – e ajudando a garantir, todos os dias, viagens tranquilas para milhares de pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *