Metroviário, boleiro e futuro administrador

O agente metroviário Francis Douglas Brusch, de 26 anos, trabalha na estação Canoas desde junho de 2010. Aos 19 anos, ele prestou o concurso público pela primeira vez e, aos 21, conseguiu ser aprovado. “Soube pela internet que ia ter concurso na Trensurb”, conta.

Perfil - Foto por Fernanda Garrido (2)

Francis relata que suas atividades na estação são bem diversificadas, como prestar auxílio a pessoas com deficiência e vender cartões SIM. O agente metroviário começou trabalhando na estação Petrobras, depois foi para São Luís – onde conheceu a namorada, a também metroviária Maiara Preichardt – e, por fim, para Canoas, onde atua até hoje.

Natural de Porto Alegre, Francis mora hoje em Canoas e estuda administração na Universidade Luterana do Brasil. Ele conta que gosta muito de jogar futebol. Já fez parte, inclusive, das categorias de base do Internacional e da Ulbra. “Joguei com o Alexandre Pato enquanto jogava no Inter e foi bem legal”, diz. Participou de campeonatos do SESI, representando a Trensurb, e sagrou-se campeão no futebol de campo.

O jovem afirma que gosta também de frequentar restaurantes e ir ao cinema com a namorada – e diz que é eclético na escolha dos filmes: “Não tenho um gênero favorito, eu curto todos os tipos de filmes e de música”. Nas horas vagas, ele costuma ir à academia e treinar jiu-jitsu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *