Mãe, metroviária e mestranda

Kelen dos Santos Jaboinski Valério tem 29 anos, é natural de Porto Alegre e mora há três anos em Canoas. Graduada em filosofia pela UFRGS, tem pós-graduação em psicopedagogia pela Unilasalle e atualmente cursa mestrado em filosofia para crianças, pela Universidade dos Açores, em Portugal. No final deste ano, irá defender sua tese em Portugal. Em 2012, Kelen prestou o concurso público da Trensurb, para a função de agente metroviária. Em agosto de 2013, ela foi convocada e, desde então, desempenha a função para a qual foi selecionada, atendendo os usuários do metrô.

Foi no primeiro ano de empresa que, trabalhando na Estação Canoas, conheceu seu marido, Júlio Valério, que também atuava no local. Casados há quatro anos, eles adotaram três filhos de quatro patas, os cães Chico, Bruce e Thobias. Mais tarde, pra completar a família, veio o bebê Pietro, que completou um ano em abril. “Ao descobrir que estava grávida do Pietro, fiquei muito contente e, ao mesmo tempo, preocupada. O que me aliviou bastante foi o amparo que recebi dentro e fora da empresa”, relata Kelen. Ela e o marido estavam trabalhando juntos na Estação Niterói antes do nascimento do filho. Hoje, atuam em turnos diferentes para melhor adaptar suas rotinas às necessidades do bebê.

Como a história do casal começou dentro da Trensurb, os colegas puderam acompanhar de perto a construção dessa família. Kelen brinca: “Nós sentimos como se o Pietro fizesse parte da família Trensurb, como se fosse um bebê metroviário, já que sou mais conhecida aqui como a mãe do Pietro do que como a Kelen”.

A jornada tripla de Kelen não é nada fácil. Ela tem que conciliar a vida profissional, acadêmica e materna. Para isso, conta com o auxílio do marido e da família nas tarefas do cotidiano. Mesmo com tantas atividades, ainda procura reservar tempo para ir com Júlio ao cinema, uma paixão que eles têm em comum. Seus hobbies incluem assistir séries e filmes, mas sua grande paixão é a leitura. Kelen sonha em terminar o mestrado e atuar na área da educação, como professora de escola infantil – “principalmente ensinando filosofia para crianças”, diz ela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *