Entrevista: Carlitos Astrada e o ciclo da vida ilustrado na Biblioteca Livros sobre Trilhos

Está em exposição, no espaço multicultural da Biblioteca Livros sobre Trilhos, na Estação Mercado, a exposição Cyclum Vitae, de autoria do artista Carlitos Astrada. Em três painéis, ele mostra três fases diferentes do ciclo existencial do ser humano. Os trabalhos de Astrada ficarão expostos até o dia 31 de maio e apresentam traços marcantes para expor uma nova concepção e reflexão sobre a existência humana. Leia nossa entrevista realizada com o artista.

De onde surgiu a inspiração para criar painéis tão reflexivos?

Não dá pra dizer que tive um momento específico do insight para criar cada uma das peças. É mais uma reflexão, um protesto, um manifesto quanto a nossa existência neste plano. Somos tratados como números e temos que sempre mostrar o que fazemos, por isso o nome é baseado no curriculum vitae.

E como é expor na Galeria Mario Quintana?

É uma grande satisfação! Tive a oportunidade de trabalhar na Trensurb há tempos atrás, em uma empresa terceirizada, e pude conhecer diversas pessoas. Foi o mesmo período em que conheci algumas expressões artísticas que influenciaram meu trabalho.

Quais são as tuas referências?

No mundo das artes gráficas é nítida a referência/influência de Alex Grey. Suas obras são uma espécie de reflexão sobre o existencialismo por meio de representações quase psicodélicas. Ele fez algumas ilustrações para as capas dos discos da banda Tool, que possui uma sonoridade bem específica e que marcou muito a construção da minha identidade artística. Mas sempre fui amante de mangás e animes, então não posso deixar de citar o desenho Cavaleiros do Zodíaco e também o Mega Man. Eles fizeram parte da minha infância e me motivaram à prática do desenho.

E você? Fale um pouco mais sobre sua carreira.

Bom, tenho 28 anos e moro em Barra do Ribeiro. Não possuo uma formação acadêmica, sempre pesquisei sobre o que me interessava e fazia por mim mesmo. A minha vontade é trabalhar e viver da minha arte. Atualmente eu trabalho com criação de personagens, tanto para histórias em quadrinhos quanto para games, faço algumas ilustrações e também storyboard para produtos audiovisuais. Agora estou me aventurando pelo grafite e pelas tatuagens.

Além da Biblioteca Livros sobre Trilhos, as artes da exposição Cyclum Vitae também podem ser vistas no site Art Station. Outras criações de Carlitos Astada estão disponíveis em sua página no Facebook.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *