De volta à Trensurb

Luciana Pinheiro, nascida em Porto Alegre e moradora de Canoas, é técnica em administração na Trensurb desde 2014, atuando hoje na Gerência de Operações. Ela prestou concurso público em 2010 e aguardou ser convocada. Mas a história dela na empresa começou muito antes, em 1990. Foi então que ela teve sua primeira experiência profissional, aos 15 anos de idade, como estagiária, na própria Trensurb. Nesta segunda passagem, ela reencontrou diversos colegas e amigos que permaneceram na instituição.

Atualmente, Luciana lida com indicadores operacionais e atividades administrativas da gerência onde trabalha. Mas nem sempre foi assim: no período em que ficou distante da Trensurb, após o final do estágio, ela trabalhou em empresas de instalação e manutenção de ar condicionado e também como vendedora e operadora de telemarketing. Durante sete anos, morou em Minas Gerais, onde abriu uma escola de informática em parceria com seu ex-marido. Hoje, de volta à Trensurb, espera obter mais conhecimento e seguir com o trabalho que realiza.

Leia mais →

Trabalho em conjunto

Para que os trens operem todos os dias, a Trensurb conta com um quadro funcional com cerca de mil empregados que atuam em diversas áreas e garantem o bom funcionamento do metrô, o planejamento e a gestão da empresa. As 48 unidades organizacionais da Trensurb estão divididas entre três diretorias, duas superintendências, 14 gerências, 28 setores e um órgão de auditoria interna. Conheça o trabalho do Setor de Administração de Contratos (Seaco).

Quem faz? A equipe possui cinco membros: um advogado, uma técnica em administração, um assistente de gestão e duas estagiárias, sendo uma de direito e uma de nível médio.

O que faz? O trabalho do Seaco se dá em conjunto com os gestores da empresa, focando sua atuação na orientação legal a eles quanto a elaboração de projetos básicos para contratações de fornecimento de produtos e serviços, controle de contratos já firmados, obrigações contratuais e fiscalização. Atua também na revisão dos editais de licitações e contratos, na tramitação de renovações e prorrogações contratuais, bem como encarrega-se dos cálculos de reajustes ou repactuações. Além disso, a equipe do setor também auxilia na fiscalização de contratadas cujos empregados prestam serviços nas dependências da Trensurb.

Leia mais →

Entrevista: a obra lúdica e expressiva de Marcelo Pax

Desde julho, o Espaço Multicultural Livros sobre Trilhos, da Trensurb, está com as paredes mais expressivas. A exposição O Monstro Urbano, criação do artista visual Marcelo Pax, chegou ao espaço cultural localizado na plataforma de embarque da Estação Mercado como parte da programação da 5ª Semana do Rock, do Sesc Centro (Porto Alegre). A mostra pode ser visitada até 31 de agosto, das 10h às 19h – horário de funcionamento do Livros sobre Trilhos.

Leia mais →

Novos seguranças recebem treinamento de jiu-jitsu

A Trensurb está em processo de convocação, contratação e treinamento de 59 agentes da segurança metroviária. Recentemente, a primeira turma de novos agentes, com 30 integrantes, foi até a Academia Alex Tchaka/Michel Maia BJJ, em São Leopoldo, para receber treinamento em artes marciais. A iniciativa da excursão foi de Gilberto Santos, controlador de segurança da Trensurb e instrutor no curso de defesa pessoal dos agentes. A aula teve foco no jiu-jitsu, que, segundo Santos, “não é uma luta tão agressiva e foca na imobilização”.

Leia mais →

Metroviário compartilha experiência com jovens aprendizes

“Não temer o futuro”, essa foi a principal mensagem que Felipe Parmeggiani, 32 anos, buscou passar em uma palestra aos aprendizes do Projeto Pescar da empresa Midea Carrier. Felipe foi convidado a ministrar uma palestra no início de julho como ex-participante do projeto e empregado da Trensurb, onde atua como técnico em eletrotécnica. Em sua fala, comentou sobre a importância desse tipo de iniciativa, que, mais tarde, acabou levando-o a realizar o curso técnico.

Leia mais →

Velocidade e economia

Em janeiro de 2016, a Trensurb dava início ao funcionamento do seu Sistema Eletrônico de Informações (SEI), software criado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, com o objetivo de, não somente informatizar e agilizar o trâmite de documentos, mas também conferir maior transparência aos processos internos.

As funcionalidades incluem a criação, envio, recebimento, assinatura e consulta de processos, inclusão de documentos diversos, tudo de forma digital. Em 2015, antes da implantação do sistema, foram abertos 3.074 processos físicos. Já em 2016 foram abertos 3.196 processos de forma digital, através do SEI.

Leia mais →