Entrevista: Leandro Selister e o projeto “Leve a minha Cidade”

O artista visual Leandro Selister está trazendo seu novo projeto à Galeria Mario Quintana, na Estação Mercado da Trensurb: Leve a minha Cidade – Coleção Porto Alegre e Coleção Expressões daqui. A Casa de Cultura Mario Quintana, a Usina do Gasômetro e o MARGS são alguns dos desenhos da Coleção Porto Alegre, criados pelo artista para chamar a atenção para as belezas da capital. Na Coleção Expressões daqui, o autor busca inspiração na cultura pop e nas histórias em quadrinhos para apresentar uma espécie de dicionário ilustrado com expressões de uso cotidiano pelos gaúchos como “bah”, “bem capaz” e “arrecém”. As ilustrações do projeto permanecem na galeria até 29 de junho.

Confira a conversa que tivemos com Selister a respeito do trabalho dele.

Leia mais →

O trabalho dos metroviários na visão dos usuários

1º de maio é o Dia do Trabalhador, um dia de luta, de reflexão e de celebração da importância do trabalho de cada um. Em uma atividade comemorativa ao Mês do Trabalhador, a Trensurb convidou usuários do metrô – também trabalhadores – para conhecer a sede da empresa e um pouco do trabalho desenvolvido pelos profissionais da Trensurb que pouco aparece para o público em geral. Esses trabalhadores, usuários do trem, também nos falaram sobre aquilo que pensam dos resultados do trabalho prestado pelos metroviários e do atendimento à população realizado pelos trabalhadores da Trensurb.

Leia mais →

Entrevista: Usina do Trabalho do Ator no Festival Palco Giratório e na Estação Mercado

O 12º Festival Palco Giratório Sesc/POA traz ao Espaço Multicultural Livros sobre Trilhos, de 4 de maio a 30 de junho, uma nova exposição fotográfica que comemora os 25 anos de atividades da Usina do Trabalho do Ator (UTA). O grupo de teatro e pesquisa realiza trabalhos de criação e pedagogia em Porto Alegre, no Brasil e no exterior desde 1992. As imagens reunidas na mostra Usina do Trabalho do Ator: 25 Anos de Performatividade em Imagem convocam o olhar a muitas formas de ver, a diversas experiências de vida e culturas, mas, sobretudo, ao protagonismo do corpo em cena. As imagens expostas na Estação Mercado são uma extensão da exposição principal no Café Sesc Centro, em Porto Alegre.

Convidamos os integrantes da Usina e o curador da mostra a nos falar sobre a exposição e sobre o trabalho do grupo. Confira o que eles tiveram a nos dizer.

Leia mais →

Comemorando o Dia do Livro

23 de abril é o Dia Mundial do Livro, instituído pela 28ª Conferência Geral da UNESCO, em 1995. A data foi escolhida por ser o aniversário de nascimento ou morte de diversos autores renomados, entre eles Miguel Cervantes e William Shakespeare, que faleceram em 23 de abril de 1616. Em comemoração, o Sesi-RS promove atividades de incentivo à leitura ao longo da semana. Em parceria com o Banco de Livros e a Trensurb, foram realizadas contações de histórias nas dependências do metrô. Alunos da rede pública compareceram às estações Mercado, Esteio, Sapucaia e Novo Hamburgo para participar das atividades na tarde desta quarta-feira (26).

Leia mais →

Os espaços culturais do metrô

Ao longo de sua história, a Trensurb tem buscado incentivar ações culturais em suas dependências – e fora delas –, alterando a rotina da comunidade através das mais diferentes formas de expressão artística e dando espaço para novos ou já reconhecidos talentos. Atua, para isso, em parceria com outras instituições, promove e apoia a realização de atividades dentro e fora do metrô. Buscando divulgar os espaços disponíveis para a população em geral e, especificamente, para os artistas, bem como o processo necessário para se fazer uso desses locais, a Trensurb publica o regulamento dos espaços culturais das estações. O documento está disponível na página da empresa na internet.

“Somos procurados por artistas e produtores para parcerias e, dessa forma, entendemos que a comunicação fluirá melhor e oportunizará que mais pessoas conheçam e se interessem em participar”, afirma o gerente de Comunicação Integrada da Trensurb, Jânio Ayres.

Leia mais →

Consolidação e comprometimento

Para que os trens operem todos os dias, a Trensurb conta com um quadro funcional com cerca de mil empregados que atuam em diversas áreas e garantem o bom funcionamento do metrô, o planejamento e a gestão da empresa. As 48 unidades organizacionais da Trensurb estão divididas entre três diretorias, duas superintendências, 14 gerências, 28 setores e um órgão de auditoria interna. Conheça o trabalho do Setor de Contabilidade e Patrimônio (Secop).

Quem faz? Subordinado à Gerência de Orçamento e Finanças e à Diretoria de Administração e Finanças, o setor é composto por 14 empregados, a maior parte deles com formação técnica ou superior em contabilidade, além de três estagiários.

O que faz? O Secop divide-se em quatro áreas: patrimônio, contabilidade societária, contabilidade pública e área fiscal.

Leia mais →